Millennials of New York e os clichês dos 2000s


Por definição Millennial é alguém que atinge a idade adulta na transição do novo milénio, e a página Millennials of New York é uma plataforma que explora os millennials da cidade de Nova Iorque e divulga as histórias e dificuldades de um jovem adulto na grande cidade.

Criada por Connor Toole e Alec Macdonald, jornalistas da “voz da Geração Y” Elite Daily, a página é considerada uma sátira ao site popular “Humans of New York” e Macdonald considera-a “perfeita para gozar com millennials egocêntricos”.

“Nós somos Millennials, e pensamos que esta geração é fantástica em muitos aspectos: altamente educada, politicamente activa, engraçada, e tudo mais, mas também há coisas que fazemos que são superficiais e ridículas,” acrescenta Macdonald.

Enquanto algumas histórias nos fazem questionar a realidade dos fotografados envolvidos nesta plataforma, Millennials of New York tem um sentido de humor que tanto nos faz rir como nos dá volta ao estômago por retratar tão bem o pensamento e o dia-a-dia de alguns jovens adultos tanto de Nova Iorque como do mundo.

Esta jovem adulta, tem um problema com as mulheres que tiram fotos com pouca roupa e a descrição que usam para as fotos: “Se eu volto a ver mais uma foto em frente ao espelho de um rabo com a descrição ‘Adoro a minha família #namaste’ vou incendiar um parque nacional.”

 

A apatia é algo preocupante para os Millennials, e por isso sempre que consegue, esta rapariga publica todos os artigos políticos que vão passando pelo feed sem os ler primeiro.

"I feel like it’s been forever since the last time I went to Fashion Week. What's my personal style? Well, you can basically describe my current look as: 'It's 1898 and I, a humble hemp farmer, am set to marry the daughter of a rich industrialist. She may be prettier than Annie Oakley and sweeter than a slice of watermelon on a warm summer's day, but I just can’t bring myself to love her. So I decide to just drop it all and go work on the railroad—where a hard days work is met with a day’s honest wage, and the men drink black coffee, tell stories around the fire each night, and sleep under a canopy of a million flickering stars.’ But if that description is too long I guess you can just write ‘Amish chic.’" #NYFW

A post shared by Millennials of New York (@millennials_of_newyork) on

Quando é semana da moda e tens que dar tudo, este “Amish Chic” descreve o seu estilo na perfeição.

A abordagem de Millennials of New York vai do homem feminista que afirma que gosta de todos os tipos de mulher desde que sejam uma Taylor Swift ou uma Jennifer Lawrence, passando pelo jovem que aprecia um bom livro desde que seja visto a lê-lo à rapariga que diz ter nascido na geração errada.

Numa geração dominada por clichês e pela reality-tv, o retrato diminuto e satírico de cada indivíduo que a página oferece, consegue puxar tanto uma gargalhada como uma lágrima por arrumar os nossos millennials num saco. Mas fica aqui o convite para conheceres o projecto, mais não seja para perceberes o que não ser.

Texto de: Cristiana Cardoso
Editado por: Rita Pinto