Nerve volta aos palcos com dose dupla em Lisboa


Depois de 7 anos dedicado ao álbum que saiu em 2015, Nerve tem dedicado os últimos tempos a apresentações esporádicas e sempre especiais do seu trabalho Trabalho & Conhaque ou A Vida Não Presta & Ninguém Merece a Tua Confiança. Estreou-se em grande mas sem grandes responsabilidades no Vodafone Mexefest, onde a plateia de aficionados resistiu às outras tentações que o festival oferecia para ver pela primeira vez o resultado da hibernação. No final, a certeza era a de ter assistido a um dos melhores concertos do ano, espéctaculo que se repetiu a norte dias depois.

No começo do ano voltaram-se a alinhar os astros e voltou-se a repetir-se a cerimónia desta vez no ZDB. O 2º concerto na capital foi talvez o momento mais marcante desta reaparição. Tanto para quem foi como para aqueles que se esqueceram de fazer a reserva ou por outro motivo qualquer não puderam estar presentes.

Foi a pensar nesses que Nerve anunciou mais duas datas, desta feita no Clube Lusitano. Um espaço mais pequeno e onde o músico promete, para além do álbum, revisitar alguns dos clássicos que durante anos alimentaram a lenda e mantiveram activa a esperança.

Os bilhetes para dia 26 de Fevereiro já esgotaram mas para 27 ainda sobram alguns, reservados para os mais atentos. Nós, no Shifter, temos 5 BILHETES para oferecer e o desafio é simples.

Só tens de provar que és um conhecedor do trabalho de Nerve e encontrar no seu álbum mais recente pelo menos UMA referência (seja ela escrita ou instrumental) que nos leve até ao anterior, Eu Não das Palavras Troco a Ordem. Há muitas, perdidas por quase todas as faixas, e até há um post de facebook onde as podes descobrir. Envia-nos a tua resposta por mensagem no facebook, os 5 primeiros ganham bilhete.