O Netflix e a Amazon foram ao Sundance e compraram uma catrefada de filmes


Este não foi o primeiro Sundance em que a Netflix e a Amazon Studios investem, mas 2016 marcou um ponto de viragem na indústria do cinema quando ambos os serviços de streaming se tornaram nos maiores compradores do festival.

Depois de participações bastante discretas nos festivais de Toronto e de Cannes, onde alguns questionaram a seriedade da Amazon sobre as suas ambições para o mercado cinematográfico, o gigante da internet registou um dos maiores negócios da edição deste ano do Sundance. O filme Manchester By the Sea, de Kenneth Lonergan, recebeu uma ovação de pé arrebatadora à semelhança do que aconteceu com Boyhood há dois anos e já dizem ser um dos grandes favoritos na corrida aos Óscares em 2017. A Amazon investiu um total de 10 milhões de dólares e bateu a Fox Searchlight, Focus Features e outras grandes distribuidoras na compra do mesmo.

netflixamazonsundance_02

A Netflix, não querendo ficar atrás, garantiu os direitos mundiais de exibição de filmes como Tallulah, um projeto de Sian Heder (argumentista de vários episódios de Orange Is the New Black) e protagonizado por Ellen Page, e The Fundamentals of Caring, com Paul Rudd e Selena Gomez, com investimentos de 5 e 7 milhões de dólares, respetivamente.

Estes negócios estão a incomodar as principais distribuidoras tradicionais de Hollywood, como a Fox Searchlight, a The Weinstein Company, a Focus Features e a Sony Pictures Classics, pois o Sundance representa o melhor mercado para estas empresas adquirirem novas obras, incluindo possíveis candidatos a Óscar.

O dinheiro tem sido, obviamente, o principal motivo da irritação. Este ano, com a presença da Netflix e da Amazon em competição, o valor dos negócios aumentaram consideravelmente, obrigando as distribuidoras tradicionais a tornarem-se mais seletivas nas suas aquisições. A maior prova desta mudança reflete-se no caso da Fox Searchlight que comprou o filme The Birth of a Nation, de Nate Parker, aclamado pelo público e crítica especializada, naquele que foi o maior negócio de sempre num festival de cinema envolvendo uns surpreendentes 17,5 milhões de dólares. Importante também referir o facto de ter sido a única compra da distribuidora este ano.

netflixamazonsundance_03

Para termos noção, até há dois anos atrás, uma das vendas mais caras envolveu a mesma Fox Searchlight que investiu “apenas” 3,5 milhões de dólares no filme Skeleton Twins, protagonizado por Kristen Wiig e Bill Hader.

Ainda assim, apesar desta nova era que estamos a presenciar com o ataque feroz das distribuidores de streaming, ainda existem tradições consagradas pelo tempo que não desaparecerão tão cedo. A Amazon vai procurar um distribuidor para lançar Manchester by the Sea nos cinemas, e prometeu lançar uma competitiva campanha durante a temporada de prémios. Quanto à decisão de quando e onde visualizar as novas produções, cabe às audiências decidir as suas preferências.

Abaixo, podem ver todos os filmes vendidos nesta edição do Sundance e o respectivo valor:

A24
Morris From America (mais de 1 milhão de dólares)
Swiss Army Man
(não revelado)

AMAZON
Author: The J.T. LeRoy Story (1 milhão de dólares)
Complete Unknown
(mais de 2 milhões de dólares)
Gleason –
 Amazon/Open Road (3 milhões de dólares)
Love & Friendship – Amazon/Roadside Attractions (2 milhões de dólares)
Manchester by the Sea (10 milhões de dólares)
Wiener-Dog  (não revelado)

BETA CINEMA
Sand Storm
(não revelado)

BRAINSTORM MEDIA
Resilience (não revelado)

FOX SEARCHLIGHT
The Birth of a Nation
(17,5 milhões de dólares)

GLOBAL SCREEN
Between Sea and Land (não revelado)

IFC Films
Weiner (não revelado)

LIONSGATE
Indignation
(2,5 milhões de dólares)

MAGNOLIA
Tickled –
 Magnolia/HBO (não revelado)
Lo and Behold, Reveries of the Connected World (não revelado)
The Lovers and the Despot (não revelado)

NETFLIX
Audrie & Daisy 
(não revelado)
Brahman Naman 
(não revelado)
Tallulah
 (5 milhões de dólares)
The Fundamentals of Caring
(7 milhões de dólares)
Under the Shadow
(não revelado)
Norman Lear: Just Another Version of You – Netflix/Music Box Films (não revelado)

THE ORCHARD
Life, Animated (não revelado)
Hunt for the Wilderpeople (2 milhões de dólares)

OSCILLOSCOPE LABORATORIES
The Fits
(não revelado)

PARAMOUNT HOME VIDEO
Goat 
(2,5 milhões de dólares)
The Intervention
(2,5 milhões de dólares)

SONY PICTURES CLASSICS
Eat That Question 
(não revelado)
Equity
(3,5 milhões de dólares)
The Hollars (não revelado)
The Eagle Huntress (não revelado)

UNIVERSAL
Frank & Lola
(2 milhões de dólares)

WWE STUDIOS AND BLUMHOUSE
Sleight
(mais de 1 milhão de dólares)

Texto de: André Calado
Editado por: Mário Rui André