Fundador do controverso 4Chan junta-se à Google


Chris Poole, o fundador do 4Chan, um dos fóruns mais polémicos do mundo, está agora a trabalhar na Google. O jovem de 28 anos não revelou o que vai fazer na gigante de Mountain View, mas suspeita-se que tenha a ver com social. O fundador do Google+, Bradley Horowitz, deu as boas-vindas a Poole.

A Google nunca acertou no social. O Google+ foi apenas mais uma tentativa falhada, tal como foram o Google Wave ou o Google Buzz. “Mal posso esperar por contribuir com a minha experiência própria de dezenas de anos a construir comunidades online, e para começar o próximo capítulo da minha carreira nesta empresa incrível”, escreveu Poole no seu blogue pessoal.

“Quando me encontrei com Googlers actuais e antigos, senti-me sempre atraído pela sua inteligência, paixão e entusiasmo – bem como pelo seu desejo universal de partilhar uns com os outros. Fiquei também impressionado com o compromisso da Google de permitir essas mesmas pessoas talentosas resolver alguns dos problemas mais interessantes e importantes do mundo”, acrescentou.

chrispoolegoogle_02

Criado em 2003 por Chris Poole (que tinha, então 15 anos), o 4Chan simboliza hoje o bom, o mau e o péssimo da Humanidade na Internet. Trata-se de um fórum que cresceu como espaço de discussão de anime manga japonesa, e que quem hoje canais para falar de cosplay, de animais engraçados, de pornografia, Pokémon, televisão e cinema, LGBT…

Bradley Horowitz, fundador do Google+ e hoje vice-presidente de streams, fotos e partilha no Google, mostrou-se satisfeito por Chris Poole se juntar à sua equipa: