Google surpreende com um preview antecipado do novo Android N


Ninguém esperava que a Google apresentasse hoje o seu novo Android N. À semelhança da Apple, a empresa lança uma nova versão do seu sistema operativo todos os anos e normalmente apresenta-a aos programadores antes do Verão, antes de a distribuir pelos consumidores em Outubro.

Para o Android N, o sucessor do Android M (que veio a ser denominado Marshmallow), a Google quebrou todos as regras. A empresa quer o feedback dos programadores a partir de hoje para que a nova versão do Android seja lançada este Verão. Até lá, serão disponibilizadas 5 previews do Android N. O primeiro preview será lançado esta mesma quarta-feira para todas as pessoas que se inscrevam no Android Beta Program, um novo programa de testes, e que tenham um dispositivo Nexus.

Os previews do Android N serão distribuídos através de uma actualização de software e serão compatível com o Nexus 6, o Nexus 5X, o Nexus 6P, o Nexus Player, o Nexus 9 e também com o Pixel C.

Ora, o que é que há de novo na futura versão do Android?

O Android N está ainda nos seus primeiros dias, pelo que novas funcionalidades deverão ser reveladas nos próximos meses. Para já, sabemos que a nova versão vai permitir responder a mensagens directamente na notificação. Isto é, à semelhança do iOS, o utilizador pode escrever o que tem a quiser e clicar em enviar, tudo na notificação e sem fechar a app que tinha aberta.

androidnpreview_02

Também à semelhança do iOS, o Android N vai suportar duas apps a correr lado a lado no ecrã. Isto é especialmente útil em tablets como o Nexus 9 ou o Pixel 9, mas também em telemóveis como o Nexus 6 cujo ecrã é suficientemente grande para algum multi-tasking.

androidnpreview_03

Para além disto, o Android N permitirá ainda janelas de vídeo por cima de apps, para que possamos continuar a ver o YouTube enquanto estamos a navegar no Twitter ou no Chrome, por exemplo.

O Android N inclui ainda funcionalidades de poupança de bateria e de gestão de memória, para que a perfomance e durabilidade dos equipamentos seja extendida o máximo possível. Este é um trabalho que a Google tem feito já em versões anteriores do Android, como o Lollipop e o Marshmallow.

Enquanto a Google não diz o que é que o “N” significa (Nutella?), podes ficar a conhecer melhor o Android N no site oficial para programadores.