José Eduardo Agualusa finalista do Man Booker Prize


José Eduardo Agualusa é um dos finalistas do prémio literário internacional Man Booker Prize, nomeado pela sua obra “Teoria Geral do Esquecimento”, um romance sobre o medo do outro, o absurdo do racismo, o amor e a redenção.

Depois de Mia Couto em 2015, pelo segundo ano consecutivo dois dos nomes entre a lista de 13 finalistas revelada na madrugada de quinta-feira são autores de língua portuguesa. Ao angolano José Eduardo Agualusa junta-se o brasileiro Raduan Nassar com “Um Copo de Cólera”.

teoria-geral-do-esquecimento

Nomeados ao lado de nomes como Nobel Orhan Pamuk e Elena Ferrante, Agualusa e Nassar poderão vencer o The Man Booker Prize no valor de 50 mil libras (65 mil euros). Marion James venceu o prémio do ano passado com o romance que será publicado pela Relógio de Água ainda este ano, “Brief Story of Seven Killngs”.

6968090

José Eduardo Agualusa é conhecido também por defender a causa do grupo de 15 activistas angolanos acusados de perpetuarem um golpe de estado, no qual se encontrava Luaty Beirão, rapper e voz activa na discussão do regime angolano que registou 36 dias de greve de fome, uma forma de protesto contra a prisão preventiva e o governo do país.