Junior Boys, Branko, Xinobi e muito mais no clubbing do NOS Alive 2016


Foi revelado o alinhamento do Palco NOS Clubbing para dia 7 de Julho. Junior Boys, Branko, SG Lewis, Bob Moses, Xinobi (live) e Throes + The Shine são os nomes que irão subir ao palco de electrónica no primeiro dia do festival.

A dupla canadiana Junior Boys, um dos nomes mais proeminentes da cena eletrónica actual, vai apresentar em primeira mão no NOS Alive o mais recente disco de estúdio Big Black Coat, editado no passado mês de Fevereiro. O sucessor de It’s All True é o primeiro registo editado pelo duo em cinco anos. O regresso aos discos de Jeremy Greenspan e Matt Didemus representa em tudo o trabalho da dupla ao longo dos últimos anos.

Branko, produtor, compositor, DJ e mentor da editora Enchufada, conhecido pelo seu trabalho a solo, bem como por ser a força de criação dos Buraka Som Sistema, apresenta dia 7 de julho no NOS Alive o disco de estreia, ATLAS. Este primeiro trabalho reúne a visão e foco de um artista que quebra barreiras constantemente. O resultado final foi conseguido com uma viagem de cinco semanas, que passou por três continentes, cinco cidades e que contou com a participação de 20 artistas diferentes.

Neste mesmo dia sobe também a palco SG Lewis. O produtor oriundo de Reading é conhecido pelo seu trabalho que mistura as influências da club music com o toque clássico das canções, de forma a criar o seu estilo pessoal. O jovem produtor de 20 anos ganhou a atenção da editora PMR Records graças ao remix feito do recente single da cantora Jessie Ware, “You & I Forever”. Esta é a estreia do músico em Portugal.

A dupla Bob Moses é outra das confirmações para o primeiro dia do NOS Alive. O projeto de Tom e Jimmy traz ao Palco NOS Clubbing o disco de estreia, Days Gone By, que de acordo com os próprios é o balanço entre o homem e a máquina numa dança delicada. Este primeiro trabalho de estúdio revela Bob Moses como os mestres da sua arte.

Xinobi, nome pelo qual Bruno Cardoso é cada vez mais conhecido, sobe igualmente ao Palco NOS Clubbing no primeiro dia do festival com um live set. A sua música tornou-se universal depois de temas como “BMX” ou “Day Off” se tornarem populares. As influências de Xinobi são tão diversas quanto a sua colecção de discos. As suas produções soam por isso ecléticas e sempre renovadas. Não é fácil deixar escapar algo que Xinobi lance e não ficar surpreendido. Dia 7 de julho será possível comprová-lo.

Por último mas não menos importantes são os Throes + The Shine oriundos do Porto e de Luanda. A sua génese prendeu-se com a fusão do kuduro com o rock, mas que entretanto alargou os seus horizontes de forma a albergar uma multitude de culturas que podem ir de África à Europa ou da América do Sul aos Estados Unidos. Depois de lançarem dois álbuns e palmilharem por essa Europa fora, está para sair um novo álbum no próximo mês de maio, que conta com a produção de Moullinex e irá contar com o selo da Discotexas.