‘Knight of Cups’, de Terrence Malick, estreia hoje nos cinemas portugueses


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Estreia hoje em Portugal Knight of Cups, o último filme realizado por Terrence Malick. Escrito pelo próprio Malick, a trama acompanha um escritor, Rick, que leva uma vida de festas luxuosas, namoros curtos e relações pouco satisfatórias. Cansado deste ritmo e apercebendo-se do vazio que o preenche interiormente, a personagem interpretada por Christian Bale começa a reavaliar as suas escolhas, relembrando as mulheres importantes de sua vida.

Cate Blanchett, Natalie Portman, Brian Dennehy, Antonio Banderas, Freida Pinto, Wes Bentley, Isabel Lucas, Teresa Palmer, Imogen Poots, Armin Mueller-Stahl e Ben Kingsley completam o elenco deste filme obrigatório. Podes ver o trailer e ler a sinopse de seguida:

Era uma vez um jovem príncipe cujo pai, o rei do Este, o enviou para o Egipto a fim de encontrar uma pérola. Mas quando o príncipe chegou, o povo serviu-lhe uma taça e, ao bebê-la, este esqueceu-se que era filho do rei, esqueceu-se da pérola e caiu num sono profundo.

O pai do Rick costumava ler-lhe esta história quando era pequeno. Rick (Christian Bale) é agora um escritor de comédia que vive em Santa Monica. Anseia por algo diferente, algo mais do que a vida que conhece, sem saber muito bem o quê ou como partir para o encontrar. Não sabe para que lado se virar. A morte do seu irmão, Billy, paira sobre ele como uma sombra. O seu pai, Joseph (Brian Dennehy), carrega um sentimento de culpa pela morte de Billy. Outro irmão, Barry (Wes Bentley), numa maré de azar, mudou-se recentemente do Missouri, onde cresceram, para Los Angeles. Rick tem ajudado o irmão a superar esta fase. Rick procura distração na companhia de mulheres: Della (Imogen Poots); Nancy (Cate Blanchett), uma médica com quem foi casado; uma modelo chamada Helen (Freida Pinto); Elizabeth (Natalie Portman), uma mulher que ele engravidou; uma stripper chamada Karen (Teresa Palmer); e Isabel, uma jovem que o ajuda a olhar para o futuro.

As mulheres parecem saber mais do que ele próprio. Elas trazem-no para o coração das coisas, mais perto do mistério. As drogas não acrescentam nada. As festas, os engates, a carreira, nada o satisfaz. E no entanto, cada mulher e cada homem que conheceu ao longo da sua vida serviu-lhe, de alguma forma, de guia, de mensageiro. A estrada para Este estende-se diante dele. Será que ele vai avançar? Vai faltar-lhe a coragem? Irá manter-se acordado? Ou será que tudo não vai passar de um sonho, uma esperança, uma passagem imaginária? A viagem ainda agora começou.

Se não conseguirmos aumentar o número de patronos, a 2ª edição da revista será a última, e o Shifter como o conheces terminará no final de Dezembro. O teu apoio é fundamental!