Morreu Nicolau Breyner


O actor e realizador português Nicolau Breyner faleceu esta segunda-feira. Nascido a 30 de Julho de 1940 em Serpa, João Nicolau de Melo Breyner Lopes deixa-nos aos 75 anos, vítima de ataque cardíaco.

Nicolau Breyner deixa-nos uma vasta carreira de teatro, televisão e cinema. Todos o conhecemos de produções como Vila Faia (1982), a primeira telenovela portuguesa; ou das sitcoms Eu Show Nico, Euronico e Nico D’ Obra. Participou em várias séries e novelas portuguesas, como A Ferreirinha, Equador, Morangos Com Açúcar e Meu Amor. Estava actualmente a gravar A Impostora, a próxima aposta da TVI na ficção, que ainda não estreou na grelha da estação.

Somou também várias participações em cinema, tendo sido distinguido em Portugal com três Globos de Ouro, todos para Melhor Actor, pela sua prestação em Os Imortais (2003), Kiss Me (2004) e O Milagre Segundo Salomé (2004). A sua última participação no grande ecrã é o filme Comboio Noturno Para Lisboa, adaptação do livro homónimo de Pascal Mercier, e que estreou em 2013.

Nicolau Breyner começou a sua formação em canto, tendo integrado o coro da Juventude Musical Portuguesa, enquanto estudava no Liceu Camões. Chegou a ingressar na Faculdade de Direito, mas desistiu para continuar a sua formação em canto no Conservatório Nacional, antes de começar a apreender teatro, na mesma escola.