O novo iPhone chama-se SE e, sim, tem 4 polegadas


A cidade de São Cupertino foi hoje o capital do mundo da tecnologia com mais uma keynote da Apple. A marca da maçã esteve na companhia de centenas de jornalistas e apresentou, como se esperava, um novo iPhone que não pretende atingir o mercado dos topo-de-gama mas sim ficar-se por uma faixa mais económica. Ainda que, claro, “económica” sempre sempre relativo.

Esta era o produto mais falado antes desta conferência da Apple e a maior parte dos rumores acabaram por se confirmar por Greg Joswiak. O novo equipamento da linha de smartphones da marca dá pelo nome de iPhone SE, sem qualquer tipo de numerologia associada, e recupera as quatro polegadas do ecrã, algo que já não se via num telemóvel da Apple desde os iPhone 5C e 5S, lançados em setembro de 2013.

iphonese_02

Apesar do tamanho reduzido, a qualidade de construção mantém-se. Aliás, o iPhone SE é incrivelmente parecido ao iPhone 5S e diz ser o equipamento de quatro polegadas mais poderoso do mundo, superando a prestação do iPhone 5S em três vezes. A única diferença de design em relação ao seu irmão mais velho é mesmo a nova cor: rosa, tal como os últimos produtos de ponta apresentados.

Quanto ao interior, o iPhone SE traz um processador A9 de 64-bits e um segundo M9, o mesmo do iPhone 6S, mas não houve qualquer tipo de menção quanto à memória RAM.

A câmara traseira conta com 12 megapixels, tecnologia iSight e um flash duplo, que melhora substancialmente as fotografias em ambiente noturno, e a possibilidade de tirar imagens panorâmicas até 63 MP (!), para além de filmar em 4K. Em termos de extras, o SE tem Touch ID no botão “Home”, algo que não existia  no último “low cost” da Apple, e ainda NFC para que possas usar Apple Pay nos locais com capacidade para tal.

A versão de 16 GB do iPhone SE vai ser vendido por 499 euros, tornando-o no iPhone com o preço-base mais barato de sempre, e versão de 64 GB vai chegar por 599 euros. A chegada a Portugal está prevista para maio. Juntamente com o novo iPhone chegaram atualizações para o iOS 9. Existe agora um modo noturno que aclara as cores para não prejudicar o teu sono, para além de a app Notes, recentemente melhorada, passar a suportar proteção com o TouchID.

iphonese_03

Novas pulseiras para o Apple Watch

Era algo também aguardado: o Apple Watch teve os seus dois minutos de fama na keynote mas não passou muito dissso. Tim Cook anunciou novas braceletes para o relógio inteligente da Apple, feitas em couro e para fins desportivos, que trazem novas cores e combinações para o watch. Para além disso, há novas braceletes feitas em nylos com cores vibrantes

Contudo, a grande novidade não está no produto em sim, mas no preço. A Apple quer fazer chegar o Apple Watch a um mercado cada vez mais alargado e baixou o preço base para 299 dólares, colocando-o taco-a-taco com muitos produtos semelhantes com Android Wear.