A nova Yorn chegou. E traz 5 GB de net e meia dúzia de apps à pala


A Yorn mudou a sua imagem e a nova identidade já saiu à rua. O novo posicionamento faz um corte com a tradicional linha de comunicação seguida pela marca Vodafone para o segmento jovem. “Yorn és tu” é a nova assinatura da marca.

“Na base desta transformação está o reconhecimento de uma geração com voz própria, empreendedora, interventiva e criativa. Uma geração que procura a mudança, que quer fazer a diferença no mundo. Nem que seja no seu mundo. Tudo porque o universo é um laboratório e um recreio sem fim. Não esperam. Inspiram os outros. Não se conformam e dão forma ao seu futuro”, explica a Vodafone em comunicado.

“A Yorn acredita no potencial dos jovens e desafia-os a tirarem partido daquilo que são. As tecnologias e as comunicações, enquanto ferramentas orgânicas desta geração, são o motor para que cada um consiga evidenciar a sua singularidade. Com a nova oferta, a Yorn é o enabler que potencia que os jovens comuniquem, se expressem e se superem”, lê-se na mesma nota.

O nascimento da nova Yorn surge naturamente em resposta às marcas WTF e Moche (NOS e MEO, respectivamente), que têm conquistado mercado com ofertas de dados, baseadas em pacotes com “gigas de net” e “apps à pala”. Com a nova imagem e assinatura, a Yorn aproveitou para renovar os seus tarifários, que agora incluem 500 MB, 1 GB ou 5 GB de dados, tráfego ilimitado em 8 apps (Instagram, Snapchat, WhatsApp, Skype, iMessage, FaceTime, Viber e Vine), Spotify Premium durante três meses e ainda minutos/SMS para todas as redes:

yornestu_02

A campanha multimeios já está no ar e inclui televisão, rádio, online, exterior e cinema. Esta campanha foi desenhada para impactar o público-alvo mais jovem no seu percurso diário. Os protagonistas da campanha são 27 jovens portugueses e a nova música, que estará presente nos 7 filmes da campanha, é de Alison Wonderland (“Carry On”).

A Yorn (Young Original Network) foi criada pela Vodafone em Setembro de 2000 para endereçar as necessidades específicas dos jovens, introduzindo no mercado português formas inovadoras de comunicação e relacionamento com este segmento. Por ter sido pioneira, a Vodafone ainda hoje o segmento até aos 25 anos, apesar dos esforços da NOS e do MEO.