Edward Snowden colaborou numa faixa do músico francês Jean-Michel Jarre


Edward Snowden, ex-consultor da NSA, aceitou o convite do músico e produtor francês Jean-Michel Jarre para dar voz a uma música. “Exit” é, assim, uma colaboração entre Snowden e Jarre, que nasceu com a ajuda do jornal The Guardian e que podemos ouvir no Spotify.

Foi no ano passado que o The Guardian colocou Jean-Michel Jarre em contacto com Edward Snowden, a pedido do músico francês. Jarre e Snowden discutiram a música via Skype. Depois Jarre viajou até Moscovo para se encontrar com o activista em pessoa e gravar com ele a faixa.

O resultado, “Exit”, vai integrar o próximo álbum de Jean-Michel Jarre, Electronica Volume II: The Heart of Noise, que será editado em breve. Contudo, a faixa já pode ser escutada no Spotify:

Ao The Guardian, Snowden confessor ser um fã de música electrónica. Já o compositor olha para o activista como um “herói dos tempos modernos” e descreve esta colaboração como “uma faixa techno agitada e obsessiva, que tenta ilustrar, por um lado, a ideia desta busca obsessiva por mais informação e, por outro, a perseguição a este jovem rapaz pela CIA, NSA e FBI”.

Em “Exit”, Snowden fala em vez de cantar e aparece ao lado de outros colaboradores do álbum como Pet Shop Boys, Cyndi Lauper, Gary Numan, Jeff Mills e Peaches. A música é uma forma de o ex-consultor da NSA reforçar a mensagem que já tem vindo a transmitir ao público. Eis algumas frases que podemos retirar da faixa:

  • “A tecnologia pode aumentar a privacidade.”
  • “Dizer que não queres saber do direito à privacidade porque não tens nada a esconder não é diferente de dizer que não queres saber da liberdade de expressão porque não tens nada a dizer. É um princípio extremamente anti-social, porque os direitos não são apenas individuais, são colectivos.”
  • “O que não tem valor para ti hoje pode ser valor para uma população inteira, um povo inteiro ou toda uma nova forma de vida amanhã. E se você não se levantar por isso, então quem se levantará?”

Podes saber mais sobre esta estranha colaboração entre Edward Snowden e Jean-Michel Jarre neste vídeo do The Guardian: