Party. Sleep. Repeat. Foram dois dias de uma ode ao amor e à amizade


O festival de tributo a Luís Lima, organizado pela Associação Cultural Luís Lima, encheu o coração de todos os que o presenciaram. No coração da cidade de São João da Madeira, na Oliva Creative Factory, os dias 22 e 23 de abril, foram a afirmação do evento enquanto celebração da cultura portuguesa.

A estrear o palco do primeiro dia do Party. Sleep. Repeat , estiveram os newcomers The Miami Flu que aqueceram a plateia com o rock psicadélico do disco de estreia Too Much Flu Will Kill You. Seguiram-se os lisboetas Basset Hounds, com um álbum lançado o ano passado e que tocaram para uma sala de fornos mais ocupada com faixas como o mais célebre single Bossa.

The Miami Flu

Basset Hounds

PAUS foram cabeças de cartaz do dia 22, e para não variar levaram a plateia ao rubro com o rock no seu sentido mais puro, agradecimentos e elogios à organização e um toque final de crowdsurfing por parte de Makoto Yagyu que antecipou um encore muito requisitado pelo público. Já os portuenses Holy Nothing, transportaram os espectadores para uma outra dimensão com animações projectadas e temas do seu primeiro álbum Hypertext. A noite não termina sem que MVRIA interprete o papel electrónico e energético da primeira noite da 4º edição do Party. Sleep. Repeat.

Paus

Holy Nothing

Com algumas horas de sono repostas, a dose de party repete-se com os lisboetas GANSO, no início do 2º dia, que passaram pomada no público com temas como Lá Maluco e Idalina, num concerto que acabou com algum improviso e elogio ao festival. Os mágicos Equations visitaram um cenário psicadélico e intenso que deixou o público apaixonado pela sua matemática, iniciando o concerto com Slow Trials e terminando com Sssuuunnn.

GANSO

Equations

Capitão Fausto protagonizaram o momento alto da noite, numa actuação que teve inicio com a faixa do novo álbum Os Capitão Fausto Têm Os Dias Contados, Morro na Praia,  prolongando-se com a batida mais caliente de Corazón, que fez as delícias do público com momentos aleatórios propícios a algum crowdsurfing. O fim de dois dias de celebração foi uma viagem ao mundo electrónico de Xinobi e Bandido$.

Capitão Fausto

Xinobi

Numa missão solidária contra a apatia cultural, a ACLL estima que tenham passado pela 4ª Edição do Party. Sleep. Repeat, perto de 2.000 pessoas, que contribuíram para uma ode mágica ao que é nacional e deixaram São João da Madeira com a certeza que a Party é mesmo para repetir.

partysleeprepeat16_10

Fotos de: Francisco Gomes/Shifter