RTP 2 vai transmitir peças de teatro produzidas por jovens companhias


Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

É o regresso do teatro ao canal 2 da RTP. O teatro em televisão faz parte do génese da estação pública e muitos anos depois, está de volta com a produção de várias peças experimentais que ambicionam reaproximar os espectadores dos palcos.

Segundo Teresa Paixão, directora de programas da RTP2, “há coisas que se deixam e que se chega à conclusão que afinal não se deviam ter deixado”; e, de facto, esta aposta, num conjunto de seis peças teatrais que constituem o projecto A Peça Que Faltava, parece reforçar a ambição e vontade de voltar a colocar esta arte tão antiga num lugar de destaque na programação do canal público.

Com transmissão confirmada a partir de Setembro, a peça Porta Aberta, da autoria de Luísa Fidalgo e encenada por Joana Rodrigues, é a primeira a chegar ao ecrã. A produção de todas as seis peças está a cargo de jovens companhias e foram gravadas no Centro de Produção do Porto, sem cortes, onde tudo acontece num cenário único, do início ao fim.

“Esta junção de vários jovens criadores, a mim parece-me particularmente bem porque vão buscar estéticas muito mais experimentais e, ao mesmo tempo, é uma pequena montra daquilo que se está a começar a fazer, das linguagens que estão a começar a nascer”, referiu Daniel Gorjão, um dos encenadores deste projecto.

As peças serão predominantemente de componente dramática com um total de aproximadamente 25 minutos cada.

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.