Yeethoven: uma orquestra que toca Kayne West


No último fim-de-semana, o Aratani Theatre em Los Angeles recebeu a Young Musicians Foundation Orquestra como parte da iniciativa Great Music Series para um concerto fora do comum e intitulado “Yeethoven”. Porquê “Yeethoven”?

Este nome é o resultado da junção de 5 obras clássicas do lendário compositor e maestro Ludwig Van Beethoven com 5 faixas do álbum Yeezus de Kanye West.

O concerto foi um mashup entre as obras clássicas de Beethoven e as faixas de Kanye, dando lugar a um conceito diferente do que estamos habituados quando nos lembramos de música clássica ou concertos feitos por orquestras. O objectivo foi misturar dois estilos que estão interligados mas que não andam de mãos dadas, dada a restrição eclética da música clássica em comparação com a cultura hip-hop.

Com uma orquestra constituída por 70 elementos, o maestro Yuga Cohler e o seu co-curador Stephen Feigenbaum de acordo com a Go Where Hip Hop representaram cada composição com uma introdução a cada faixa, para que cada fã, cada ouvinte, conseguisse entender a composição misturada entre Kanye West e Beethoven.

yeethoven_02

Apesar de já ter acontecido, nada nos impede de ouvirmos o concerto na integra através do Soundcloud e site da Go Where Hip Hop.

Setlist:

  1. Abertura – Beethoven’s “Overture to Egmont, op. 84,”
  2. 10:00 – “New Slaves”
  3. 16:53 – “Blood On The Leaves” Leads into “Symphony No. 5 First Movement in C-Minor, Op. 67”
  4. 30:28 – “Hold My Liquor” Mashup with “Symphony No.7 in A major”
  5. 37:16 – “I’m In It” Mashup with “Symphony No. 5 Second Movement in A Flat Major, Op. 67”
  6. 44:55 – Guilt Trip Mashup with “Fifth Piano Concerto in E-flat major, Op. 73”
  7. 53:00 – “On Sight” Mashup with “String Quartet No. 14.”