E se no final de cada partida de pinball te sentisses um Pollock?


Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

INKS é o mais recente título do estúdio State of Play. A exemplo do que aconteceu nos trabalhos anteriores, este novo jogo de vídeo mantém o uso de uma paleta cromática diversificada. Mas também quebra ao aplicá-la a um género inédito no portfólio da produtora, o pinball.

Fora algumas inovações técnicas, como a introdução dos flippers em meados do século passado, a fórmula do pinball permanece próxima da sua essência. Isto é, lançar uma ou mais bolas numa superfície ligeiramente inclinada e fazer pontos consoante o percurso das mesmas até desaparecerem. Era assim nos primeiros exemplares de mesas de pinball, criados no finais do século XVIII e com os quais a corte francesa se entretinha, e continua a sê-lo nas máquinas existentes nas salas de arcada que resistem até aos nossos dias.

Apesar de num formato digital, para o qual o género migrou sem problemas, INKS conserva todos os traços necessários para o considerarmos um jogo de pinball. Aquilo que o distingue é o uso da cor, ou seja, a abordagem tradicional do estúdio State of Play. Nas dezenas de mesas de jogo que compõem o INKS não existem pontos, mas sim godés de tinta que têm de ser entornados. Somente depois de toda a tinta espalhada, o jogador pode dar o nível por completo.

inks_001 inks_002

Contudo, existe ainda o pormenor de que a bola deixa um rasto de tinta das cores por onde passou. Assim, a imprevisibilidade do pinball assegura que cada jogo seja ligeiramente diferentes dos restantes. Se fores um craque do pinball e conseguires espalhar toda a tinta à primeira bola, acabarás com uma decoração minimalista. Por outro lado, se te falharem os dotes para este género de jogo vais chegar ao fim com uma mesa a lembrar uma tela do Jackson Pollock. Desta forma, no final de cada nível jogado vais ter a experiência estética de desfrutar do seu registo visual. É uma combinação perfeita entre jogo de vídeo e arte.

O INKS está disponível na App Store, onde foi distinguido como Editors’ Choice poucos dias depois do seu lançamento.

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.