O 180 Creative Camp “não é aquele tipo de campo” e está de regresso a Abrantes


Durante uma semana, uma pacata cidade do interior vai transformar-se num centro criativo pelo 5º ano consecutivo. Trata-se de mais uma edição do 180 Creative Camp. O “campo de férias” para artistas, das mais variadas áreas, vai decorrer mais uma vez em Abrantes, Portugal.

O 180 Creative Camp é organizado pelo Canal180, uma produtora audiovisual e também o “primeiro canal de televisão open-source”. De 3 a 10 de Julho, mentes criativas e efervescentes vão poder ter com diversos artistas de renome e também criar laços com os restantes participantes. Durante uma semana, terão workshops, talks e várias actividades diárias, bem como a oportunidade de deixar a sua marca na cidade.

Jovens ligados a áreas como design gráfico, arquitectura, arte, música, vídeo, fotografia, ilustração ou instalação é a quem se destina este 180 Creative Camp. Todos são encorajados a ser criativos e a colocar todas as ideias em prática.

Esta edição contará com vários nomes interessantes no panorama internacional:

  • Boa Mistura, o grupo espanhol conhecido pelas suas intervenções gráficas e coloridas nos espaços públicos;
  • Sean Dunne, realizador que documenta as realidades mais bizarras em todo o mundo;
  • o fotógrafo e agente cutural Frank Kalero, antigo residente na Fabrica, em Itália, curador de festivais de fotografa a em França, Espanha, Itália e Brasil e um dos fundadores da revista Ojo de Pez;
  • Javier Peña Ibáñez, director do festival de arquitetura e design Concéntrico, cujo trabalho é bem conhecido pelo convite que faz aos cidadãos a (re)pensarem o ambiente em seu redor;
  • o fundador da revista Intern, Alec Dudson, uma publicação notável que divulga criadores fantásticos e debate os prós e contras do mundo criativo;
  • o realizador Isaac Niemand, com um vasto trabalho que inclui documentários, animações, publicidade e videoclips;
  • o ilustrador e designer José Cardoso, famoso pelas suas personagens de traços fortes e identidades coloridas;
  • o ilustrador e animador Simon Landrein.

A interação com a cidade e a população de Abrantes é uma das principais características do 180 Creative Camp. Por isso, para além da restante programação, o Canal180 criou a “Stores Art Attack”, convidando artistas e participantes a desenvolverem projectos junto das lojas de comércio tradicional. Existirão também sessões de conversas com os artistas, lmes, portfolio reviews e concertos abertos a toda a população. Desde 2012, pessoas de todo o mundo, desde Los Angeles a Copenhaga, Santiago do Chile a Berlim, têm passado pelo 180 Creative Camp trazendo-nos o seu melhor.

Ao longo das suas últimas edições, o 180 Creative Camp tem deixado uma pegada notável na criatividade de Abrantes, de Portugal e do mundo. Um dos momentos mais relevantes da última edição foi o GIF do artista INSA e a “marca” Analógico Humano Digital, que depois de uma exposição em parceria com o Shutterstock deu origem a uma websérie sobre alguns dos melhores estúdios de design portugueses.