O futuro das apps é não ter de as instalar


O melhor de ter um smartphone Android são as centenas de milhares de aplicações à disposição do utilizador. Mas para isso, é preciso ter um armazenamento interno (e um telemóvel capaz o suficiente) para alojar todas aquelas dezenas de apps que instalas ao longo do tempo, mesmo aquelas que não usas tão frequentemente. Com a conferência desta semana, a Google pergunta: e se não precisasses de as instalar?

O projeto chama-se Instant Apps e vai fazer-te poupar muito espaço no teu smartphone. Imagina o seguinte cenário: estás a pesquisar alguma coisa para comprar no eBay com o teu telemóvel, e fazes a pesquisa no Google porque não tens a app do eBay instalada. Encontras um link que suscita o teu interesse e abres – se até então o que te ia aparecer era a versão mobile do site do eBay, a tecnologia Instant Apps leva-te para a própria página do item em questão na app do eBay. Sim, e sem ter a app instalada.

androidinstantapps_02

O que o serviço faz é recolher do Google Play os elementos necessários para abrir aquele segmento específico da aplicação, não precisando para isso de ter toda a aplicação instalada. Quando quiseres voltar atrás, vais regressar não à “página inicial” da app do eBay mas sim às pesquisas do Google.

Isto acontece não só no Google mas, por exemplo, quando alguém te envia um link para um site que tem também uma aplicação móvel – na conferência, a Google utilizou um link do BuzzFeed, que, quando clicado, redireccionou diretamente para a parte da app em questão.

androidinstantapps_03

Se pensas que esta vai ser uma funcionalidade restrita ao Android N, desengana-te. Durante a demo na conferência, o dispositivo utilizado estava a rodar… Android 4.4 KitKat, lançado em outubro de 2013. Combater a fragmentação tem sido um eterno problema para a Google, por isso é bom ver que a gigante das buscas não se esquece de quem não tem acesso rápido à últimas novidades.

androidinstantapps_04