O Twitter já não quer ser uma rede social


Discretamente, o Twitter mudou a sua categoria na App Store de “Social Networking” para “News”, e passou para n° 1 no top de apps gratuitas na nova categoria. No fundo, “cansou-se” de ser uma rede social (estilo Facebook) e quer ser considerada uma app de notícias.

O Twitter espera, assim, conquistar mais atenção e notoriedade na popular loja de aplicações do iOS. Em vez de continuar competir com o Facebook, Instagram, Messenger ou WhatsApp na barulhenta categoria “Social Networking” (onde mantinha a 5ª posição), o Twitter está agora na secção “News” e ocupa logo o nº 1 no top de apps gratuitas.

Conforme nota o TechCrunch, esta mudança de categoria pode colocar o Twitter à frente de uma nova audiência – aquela que procura formas fáceis de estar a par das notícias num telemóvel, e não aquela que quer uma nova rede social. Isto é ainda mais importante quando se tratam de novos utilizadores de iPhone, que procuram apps para o seu novo equipamento e que, quando forem à secção “News”, vão encontrar imediatamente o Twitter. Tudo isto pode fazer o Twitter subir no top geral de apps da App Store, onde ocupa actualmente a 30ª posição.

Recorde-se que o Twitter está com um problema de crescimento. Os últimos dados, referentes ao primeiro trimestre deste ano, apontam para 310 milhões de utilizadores mensalmente activos, uma subida irrisória relativamente ao último trimestre de 2015, quando tinha 305 milhões.

Até ao momento, o Twitter mantém-se na categoria de “Social” na Google Play Store, atrás de uma série de apps do Facebook. Olhando para o top de apps gratuitas, ocupa o lugar 78.