‘The Family’ vence IndieLisboa 2016 e vai passar no Cinema IDEAL


O filme The Family, de Shumin Liu, era uma das propostas mais interessantes deste IndieLisboa e venceu o Grande Prémio de Longa-Metragem do festival, que terminou no domingo. Já o Grande Prémio de Curta-Metragem foi entregue a Kiro Russo, por Nueva Vida.

Além de The Family, o júri da Competição Internacional de Longas-Metragens, constituído por Anna Hoffmann, Jorge Cramez e Silvio Grasselli, distinguiu também Kate Plays Christine, de Robert Greene, com o Prémio Especial do Júri Canais TV & Séries. Já no campo das curtas-metragens, o júri constituído por Francisco Frazão, Céline Devaux e Enrico Vannucci entregou ainda menções honrosas à animação Velodrool, de Sander Joon, ao documentário La Impresión de una Guerra, de Camilo Restrepo, e à ficção Another City, Lan Pham Ngol.

Na Competição Nacional, o prémio de melhor longa-metragem foi para Treblinka, de Sérgio Tréfaut, e o de melhor curta-metragem distinguiu The Hunchback, de Gabriel Abrantes e Ben Rivers. O Prémio Novo Talento foi atribuído à curta Campo de Víboras, de Cristèle Alves Meira, e Viktoria, de Mónica Lima, recebeu uma menção honrosa nesta categoria.

A curta Balada de Um Batráquio, de Leonor Teles, que recebeu este ano o Urso de Ouro de Berlim, recebeu uma menção honrosa no Prémio Amnistia Internacional, que foi para Flotel Europa, de Vladimir Tomic, uma produção servo-dinamarquesa.

Alguns dos filmes premiados no IndieLisboa vão passar esta semana no Cinema IDEAL. O ciclo arranca esta segunda-feira, às 18 horas, com as seguintes curtasAnother City, Lan Pham Ngoc; Velodrool, Sander Joon; Nueva Vida, Kiro Russo; Campo de Víboras, Cristèle Alves Meira; La Impresión de una Guerra, Camilo Restrepo; Ascensão, Pedro Peralta. Às 22h15, será exibida a curta Small Talk, de Even Hafnor, seguida do filme Le Nouveau, de Rudi Rosenberg.

Já na terça-feira, será exibido Kate Plays Christine, de Robert Greene, às 18 horas; na sessão das 22h15, está previsto o filme Treblinka, de Sérgio Tréfaut, precedido da curta The Hunchback, de Gabriel Abrantes e Ben Rivers. Por fim, na quarta-feira, o Cinema IDEAL vai passar o grande vencedor: The Family começará às 20h10.

O IndieLisboa iniciou-se no passado dia 20 de Abril e contou com uma retrospectiva dedicada ao holandês Paul Verhoeven. Durante os 11 dias do festival, houve estreias há muito aguardadas em Portugal, como The Lobster, de Yorgos Lanthimos. No ecrã do IndieLisboa foram exibidos 289 filmes, que fazem um retrato do ano cinematográfico independente.

Consulta os restantes vencedores do IndieLisboa 2016 aqui.