Fim do abate de árvores aprovado na Noruega


Os quatro partidos com assento no parlamento norueguês chegaram a acordo para aprovar uma política de zero desflorestação. Ou seja, vai deixar de ser permitido abater árvores no país. A Noruega é o primeiro a assumir um compromisso deste género.

A nova lei foi celebrada pela associação The Rainforest Foundation Norway, que há anos que luta para impedir o abate de árvores. “Esta é uma vitória importante na luta para proteger as florestas tropicais. Nos últimos anos, várias companhias assumiram o compromisso de deixar de procurar bens que obrigassem ou estivessem ligados à destruição da floresta. Até agora, isto nunca tinha sido igualado por um Governo”, disse um dos responsáveis da associação, Nils Hermann Ranum, em comunicado.

Defende Ranum que o exemplo deveria agora ser seguido por outros países, “em particular a Alemanha e o Reino Unido, no seguimento do que foi acordado na Cimeira do Clima das Nações Unidas”, em 2014.

O Governo norueguês responsabilizou-se também por encontrar forma de fornecer alguns bens essenciais, como a carne, soja, madeira e óleo de palma, produtos responsáveis por quase metade da desflorestação de florestas tropicais em todo o mundo, assim como pela proibição da compra de qualquer matéria-prima que prejudique a florestação mundial.