MSI e Asus acusadas de tentar adulterar reviews dos seus produtos


Pode não ser prática comum em todos os países, mas grande parte das redações de tecnologia nos Estados Unidos da América são inundadas diariamente com produtos e propostas de reviews. A verdade é que mais importante do que uma boa campanha de publicidade é a opinião que um jornalista conhecido, reputado e isento terá sobre determinado telemóvel ou computador, opinião essa que poderá influenciar consideravelmente o (in)sucesso nas vendas.

Quer-se, então, que o jornalista fique com a melhor impressão possível do mesmo produto que, dias depois, poderá ser colocado à venda para todos os utilizadores. Mas e quando o produto que é enviado para review é superior ao que vai estar disponível? A polémica aconteceu com a MSI e o site TechPowerUp, que estava a testar a nova placa gráfica GeForce GTX 1080 Gaming X.

De acordo com o meio, as placas gráficas que estavam a ser enviadas para as redações teriam um desempenho superior àquele que os utilizadores iriam conseguir ter. Ou seja: esses mesmos utilizadores iriam decidir-se com base em opiniões de jornalistas que, afinal, e sem saberem, estavam a utilizar um produto superior àquele que realmente pensavam.

As diferenças na performance prendiam-se com a GPU e com a velocidade do memory clock, ambas superiores ao normal. Depois das notícias, a MSI já respondeu às críticas através de um fórum, dizendo que tudo não passava de uma questão de software. Em suma, as placas gráficas enviadas para a redação iam com a opção de overclock ativada por definição, e que por isso poderia induzir jornalistas mais distraídos em erro.

A opção de overclock está, então, disponível para todos os utilizadores e a MSI fez questão de dizer que esta prática não envolve a quebra de garantia do produto, aproveitando para pedir desculpa pelo sucedido. Depois de toda esta história, fica a questão: se a MSI prima pela verdade nas reviews aos seus produtos, por que razão terá enviado as placas gráficas com o overclock ativado apenas para as redações?