Noruega quer proibir venda de carros a gasolina e gasóleo


Dentro de 9 anos, poderemos ver as estradas da Noruega sem carros a gasolina ou gasóleo. Escreve o jornal escandinavo Dagens Næringsliv que existe um plano delineado pelos 4 principais partidos políticos do país, da esquerda e da direita, para que, até 2025, todos os carros do país dependam exclusivamente de energias renováveis.

A ideia dos legisladores noruegueses é proibir a venda de veículos automóveis movidos a combustíveis fósseis. O mesmo jornal diz que, apesar de não existir qualquer documento assinado, as conversações entre os partidos já decorrem há alguns meses e a bom ritmo.

Apesar de os partidos Democrata Cristão (Kristelig Folkeparti) e Liberal (Venstre) terem confirmado a notícia do Dagens Næringsliv, o Partido do Progresso (Fremskrittspartiet) disse que ainda nada está decidido, conforme conta o jornal Aftenposten. O quarto partido envolvido na discussão é o Partido da Direita (Høyre). Se a medida estiver de facto em estudo, é mais ambiciosa que a proposta introduzida pelo Partido Trabalhista (Arbeiderpartiet) no governo anterior, que pretendia banir a venda de carros movidos a gasolina e gasóleo até 2030.

A Noruega é um país na linha da frente no que toca às energias renováveis. Para além de ser um dos maiores produtores neste sector e de o seu consumo de electricidade depender quase na totalidade de fonte hidroelectrética, 24% dos automóveis novos vendidos são eléctricos.

Elon Musk já soube das notícias e reagiu assim no Twitter: “Acabei de ouvir que a Noruega vai banir a venda de carros a gasolina e gasóleo por 2025. Que país magnificamente fantástico. Vocês são os maiores!”, escreveu o dono da Tesla, uma fabricante de veículos eléctricos.