Twitter ataca no vídeo. Vine perde limite de 6 segundos


 
Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

Há vários sítios onde podes ir no teu telemóvel para ver vídeo – Facebook, YouTube, Snapchat… O Twitter também quer juntar-se ao grupo e, por isso, anunciou um investimento massivo no vídeo, no qual está incluído o Vine.

Os utilizadores do Twitter e do Vine vão poder partilhar vídeos com 140 segundos de duração máxima (2 minutos e 20 segundos). Vai ser o fim dos vines de 6 segundos, que tornaram tão icónica a plataforma. Os vídeos partilhados no Vine vão poder ter também 2 minutos e 20 segundos, sendo que os utilizadores vão continuar a ver vídeos de 6 segundos nos seus feeds. Só clicando no vídeo é que vão ver poder ver o vídeo na sua extensão. Desta forma, o Vine consegue manter a essência da sua app.

twittervideo140segs_02

Por falar em Vine, à semelhança do YouTube, os criadores vão passar a poder monetizar o conteúdo que publicam na plataforma através de anúncios pre-roll.

No Twitter, os utilizadores vão ter, sempre que abrirem um vídeo para ver, um feed com vídeos relacionados. Chama-se Watch Mode e não é uma secção muito diferente da que o Facebook criou no ano passado na sua app. Este feed de vídeo pode ser mais uma oportunidade para o Twitter mostrar anúncios.

A possibilidade de publicar vídeos mais longos já deve estar disponível na tua conta de Twitter. O Watch Mode vai chegar em breve e o novo limite de 140 segundos no Vine estará disponível para um pequeno grupo de influenciadores numa primeira fase.

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.