Chegou o BitTorrent Now, um “Spotify” para a Internet


Geralmente, as pessoas associam a BitTorrent ao download ilegal de conteúdos multimédia. De facto, a esmagadora maioria dos ficheiros disponíveis em torrent quebram direitos de autor e de transmissão, mas não é por esse caminho que a empresa está a tomar. Recentemente, foi anunciado o BitTorrent Now, uma aplicação que pretende “rivalizar” com o Spotify e o Netflix, claro, de forma 100% legal.

Estamos, portanto, a falar de uma app de streaming de música e de vídeos, mas não é à toa que usámos as aspas em “rivalizar”. Isto deve-se ao facto de o BitTorrent Now se dedicar mais à divulgação de artistas pequenos e não indo em busca de grandes nomes. Tratam-se de artistas independentes, muitas vezes em início de carreira, e que encontram aqui outra forma de divulgação do seu trabalho.

Já desde 2013 que o BitTorrent desenvolveu uma plataforma onde os artistas poderiam publicar os seus trabalhos e quem os quisesse ver ou ouvir tinha obrigatoriamente de pagar. Entre as mais de 30 mil pessoas que já seguiram esta forma de divulgação dos seus trabalhos estão o DJ Kaskade, Thom Yorke e David Cross. O seu sucesso? A empresa fala em mais de 200 milhões de downloads.

bittorrentnow_02

Tal como acontece, por exemplo, no Spotify, muitos dos conteúdos disponíveis podem ser acedidos de forma 100% gratuita, mas há outros que exigem uma subscrição ou obrigam o utilizador a ter de assistir a publicidade. Estivemos a testar a aplicação num smartphone Android e a navegação é intuitiva e simples, bastante semelhante até ao que encontramos já em outros serviços equivalentes. Para além de música e de vídeo, o BitTorrent diz que está também preparado para receber conteúdos em realidade virtual.

Para além de Android, a BitTorrent Now vai também estar disponível para iOS e Apple TV, embora estas duas últimas recebem a app mais tarde. Será que este vai ser um serviço competente o suficiente para roubar clientes ao Netflix, Apple Music ou SoundCloud?