Como fazer o upload directo de GIFs para o Facebook


O Facebook não suporta nativamente o formato .gif, mas é possível partilhar GIFs nativamente na rede social. E não estamos a falar de publicar o GIF no Giphy ou noutro qualquer site externo e colar o link no Facebook – sim, esse GIF vai mexer nos News Feeds mas não está alojado no Facebook.

Recentemente todos os vídeos do Facebook passaram a ser reproduzidos nos feeds em repetição, isto é, uma vez terminado o vídeo ele recomeça automaticamente (autoloop). Assim, um vídeo que tenha uns meros 2/3 segundo vai ser transformado num GIF – não em formato .gif, mas antes em formato .mp4.

O .gif é um formato desactualizado, se assim se pode dizer. Na verdade, um ficheiro .gif com qualidade é capaz de pesar muitos MB pois, por mais curto que seja, contém diversos “frames”. Quantos mais “frames” e quantas mais cores diferentes tiver, mais pesado é um .gif. Por isso, é que os GIFs são geralmente de tamanho pequeno e bastante comprimidos, sendo removidas às imagens alguma informação.

Contudo, os GIFs tornaram-se num fenómeno online. A cultura GIF foi culpa dos ficheiros .gif, mas não existe por causa deles. São as imagens em loop constante, digitalizando muitas vezes algumas das nossas acções, emoções e comportamentos, que caracterizam essa cultura GIF – um termo arriscado mas adequado.

É possível fazer GIFs com leves ficheiros .mp4 em constante loop. O Twitter, por exemplo, não aloja os GIFs partilhados pelos utilizadores em formato .gif – mesmo que o utilizador carregue um .gif no site, ele é convertido em .mp4 durante o upload. O Giphy também converte todos os .gif em formato de vídeo, o mesmo faz o Imgur.

uploadgifsfacebook

No Facebook, graças ao autoloop dos vídeos, é agora possível publicar GIFs directamente na rede social, sem estar dependente de plataformas externas como o Giphy. Mark Zuckerberg exemplificou a funcionalidade numa publicação recente.

Carregar um ficheiro .mp4 em vez de partilhar um link para um .gif pode ser vantajoso para o autor desse conteúdo, pois a sua página ou perfil ficam associados ao GIF sempre que ele for partilhado pelos internautas. Podes fazer o upload de um vídeo .mp4 que já por si tenha a mesma sequência em repetição 3 ou 4 vezes, em vez de um clip com brevíssimos segundos.