Ornatos Violeta. “Pela 1ª vez, pagou-se um caché ao nível dos cabeças-de-cartaz estrangeiros”


No Verão de 2012, fez-se história em Paredes de Coura. Os Ornatos Violeta, banda de Manuel Cruz, regressaram 10 anos depois de terem terminado para um concerto no festival minhoto, antes de atacarem os Coliseus do Porto e de Lisboa.

“Foi dificílimo de convencer a juntarem-se, foi um trabalho nosso”, comentou João Carvalho, director do Vodafone Paredes de Coura (na altura, com o naming da EDP), numa entrevista recente no programa Inferno do Canal Q. Os Ornatos Violeta tocaram em Paredes de Coura para um auditório completamente cheio, com pessoas em todos os cantos – pudera, o dia 17 de Agosto de 2012 tinha esgotado. O aquecimento para Ornatos foi feito pela dupla Dead Combo.

“Foi primeira vez que em Portugal se pagou a uma banda portuguesa um caché ao nível dos cabeças-de-cartaz estrangeiros”, acrescentou João Carvalho, sem, no entanto, avançar qualquer valor ou ordem de valores. “Eu nunca contei isto, mas neste canal eu posso contar.”

O Vodafone Paredes de Coura regressa este ano, nos dias 17, 18, 19 e 20 de Agosto, mas há festa a partir de 13 com um palco na vila e um cartaz recheado de nova música portuguesa.