Quando um atleta percebe que, afinal, tinha ganho ouro e não prata


Apesar de todo o buzz em torno do Euro 2016 e da grande vitória portuguesa, todos ouvimos falar do campeonato europeu de atletismo que terminou também este domingo em Amesterdão, Holanda. Nem que seja pelas 6 medalhas conquistadas pela nossa selecção nacional, incluindo um ouro para Sara Moreira e um bronze para Jéssica Augusto na prova da Meia-Maratona.

Portugal também ganhou colectivamente na Meia-Maratona, levando um ouro na na Taça da Europa, realizada em paralelo. A nossa selecção também ficou com um ouro em Triplo Salto, graças a Patrícia Mamona; com uma prata conquistada por Dulce Félix na prova de 10 mil metros; e com um bronze para Tsanko Arnaudov no Lançamento do Peso.

Mas se no futebol tivemos criações como esta a ficar virais na Internet, no atletismo o momento mais engraçado foi talvez este: o de um atleta que descobre que, afinal, não tinha ganho prata mas sim uma medalha de ouro.

O atleta em questão é Bruno Hortelano-Roig, da selecção espanhola, que tinha saído dos 200 metros rasos a pensar que tinha ficado no segundo lugar. Parece que ninguém se incomodou de lhe informar que Churancy Martina, que o bateu por uns meros 0,08 segundos, tinha sido desqualificada por pisar fora da pista.

A reacção de Hortelano perante uma repórter holandesa é hilariante.