A Nike sempre nos habituou a grandes filmes, mas ninguém estava preparado para isto


 

Há algumas semanas a Nike divulgou o teaser do que viria a ser a sua campanha para os Jogos Olímpicos. Nesse teaser, o actor Bobby Cannavale, protagonista da série Vinyl, entra num berçário cheio de bebés com os nomes de grandes desportistas dos dias de hoje e encoraja-os com um discurso duro e forte.

Já a revelação da campanha foi feita durante a abertura dos Jogos Olímpicos, com um mega filme, a que quase podemos chamar uma curta metragem de 2 minutos e meio.

Durante os primeiros 60 segundos tudo parece normal. Bem, normal para um anúncio da Nike. Temos, por exemplo, um bebé no berço, que o locutor (Oscar Isaac, o Poe Dameron de Star Wars: The Force Awakens) informa que um dia ganhará um campeonato estadual ou um atleta que parece mal ter força para completar uma corrida de 5km, mas a quem o locutor diz que um dia vai correr uma maratona.

Ao longo do filme encontramos vários jovens desportistas que ficam incrédulos com a profecia do futuro que lhes é feita pelo locutor. Consciente do que diz, há um momento em que o locutor nos diz: “todos estes atletas são péssimos agora, mas um dia farão grandes coisas”.

Porém, ao segundo 60, supostamente quando o filme está prestes a acabar, há um volte face. No momento em que o locutor está a terminar o seu discurso e já temos presente até a assinatura “Just Do It”, um ginasta que diz ainda estar só a aquecer destrói literalmente essa a assinatura. É a partir deste momento que tudo se torna uma verdadeira loucura, com um franzino adolescente lutador greco romano a entrar num ringue com Hafþór Júlíus Björnsson (nem mais nem menos que o Gregor Clegane de Game of Thrones).

Crianças a fazerem corridas contra sprinters olímpicos, a Serena Williams a bater bolas com um jogador de basebol, uma criança a ganhar todos os desportos possíveis e a ser coroada como “Rei de todos os desportos” e uma lutadora de esgrima a enfrentar a Katana de Suicide Squad. Tudo isto leva o locutor ao desespero, enquanto pede para todos os desportistas se acalmaram, porque estão, segundo as palavras dele, “a ir demasiado longe”.

No entanto ninguém lhe dá ouvidos e continuam a praticar estas “novas” modalidades. O filme acaba com um “isto está fora de controlo” sobre a assinatura de campanha, “Unlimited You” (ou “Tu, Sem Limites”).

A criação é da agência Wieden & Kennedy de Portland e a realização ficou ao cargo de Daniel Kwan e Daniel Scheinert, a dupla responsável pelo filme “Swiss Army Man”. Há ainda a participação especial de vários desportistas famosos como Neymar Jr, Mo Farah, Kevin Durant.

Gostaste do que leste? Quanto vale conteúdo como este?

Trabalhamos todos os dias para te trazer artigos, ensaios e opiniões, rigorosos, informativos e aprofundados; se gostas do que fazemos, apoia-nos com o teu contributo.