John Oliver analisa o estado do jornalismo


No passado domingo, John Oliver focou a atenção do Last Week Tonight no paradigma do jornalismo actual. O comediante inglês começou por destacar o estado económico alarmante que se vive na indústria do jornalismo e o aproveitamento que outros meios de comunicação, como a televisão fazem do trabalho da impressa escrita. Os media são uma cadeia alimentar que se desmoroná sem jornais locais, afirma o apresentador.

No seu estilo habitual de humor mordaz e incisivo, Oliver satiriza o facto dos jornalistas serem, hoje em dia, três ou quatro profissões numa só, levando a que naturalmente erros sejam cometidos. Outro dos tópicos mencionados incide no facto de existir cada vez mais um jornalismo para clicks, likes ou partilhas. A história relevante e séria terá dado lugar a narrativas populares e que criem dinheiro.

O monólogo termina com uma estimulação de consciências. A culpa também estará do lado do consumidor. Vivemos acostumados a obter notícias de forma gratuita e quanto mais isso acontece, menos estamos dispostos a pagar por trabalho jornalístico. Se não pagarmos pelo jornalismo, iremos “pagar” de outra maneira, refere Oliver.

O segmento acaba com um sketch de como será o jornalismo do futuro se nada fizermos por ele.