Lojas da Apple já não se chamam “Apple Stores”. Porquê?


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

A Apple deixou de chamar às suas lojas de “Apple Stores”, tendo mudado as designações no site. Agora as lojas são conhecidas apenas por “Apple”. Por exemplo, há a Apple Bruxelles, situada no centro da capital belga (na foto), e a Apple Union Square, localizada em São Francisco.

Era assim que aparecia a loja da Apple em Union Square no site da empresa:

fimapplestores_02

Agora, a página aparece desta forma:

fimapplestores_03

Os funcionários das múltiplas ex-Apple Stores receberam uma carta dando conta da alteração no branding das localizações, dando conta de que será uma mudança gradual. No site da empresa, contudo, já todas as 479 lojas (espalhadas por 18 países) apresentam a nova designação.

O fim do nome “Apple Store” é bem mais relevante do que possas pensar. As lojas da Apple nunca foram meras lojas e cada vez mais afirmam-se como um sítio para experimentar os produtos da marca, resolver problemas junto de especialistas e assistir a palestras ou demonstrações – não (só) para comprar. Removendo a designação “Store”, a Apple está a preparar os seus espaços físicos para o futuro.

Se não conseguirmos aumentar o número de patronos, a 2ª edição da revista será a última, e o Shifter como o conheces terminará no final de Dezembro. O teu apoio é fundamental!