O Tradiio está renovado. Este vídeo explica-te tudo em 30 segundos


Mais que um serviço de streaming de música, o Tradiio é uma plataforma para novos projectos musicais ganharem vida e financiamento. O site – disponível também na forma de app – foi lançado em 2014 por uma startup portuguesa com o mesmo nome e recebeu recentemente uma actualização visual.

A par do novo design, o Tradiio lançou um pequeno vídeo que resume a sua diferença relativamente aos seus concorrentes, desde o Spotify ao SoundCloud:

O novo design reorganiza as várias partes do Tradiio de forma mais perceptível para o utilizador, nomeadamente o Círculos. A funcionalidade que permite aos fãs subscrever determinados artistas, dando-lhes uma espécie de mesada e recebendo deles conteúdos, experiências e produtos exclusivos, está agora melhor integrada no Tradiio como Feed.

Os artistas têm agora um perfil único onde os fãs podem ouvir as suas músicas, ler uma biografia e ver as suas últimas publicações. Alguns destes posts são públicos, outros são privados e estão disponíveis apenas para quem subscrever o artista. É o fã que define o valor que lhe quer dar mensalmente, numa lógica de crowdfunding contínuo: o que recebe em troca depende do dinheiro investido nesse músico/banda.

tradiiorenovado_02

“Ao longo dos tempos a plataforma evoluiu, cresceu e nós sempre nos preocupámos em criar um lar, não só para os artistas mas também para todos os fãs. Isto nunca foi tão evidente como nesta última versão”, escreveu Alvaro Gomez, CEO do Tradiio, no início deste mês no blogue da empresa.

Dinheiro “real” é agora a única forma de apoiar os artistas no Tradiio. O anterior sistema de pontos, que transformava o serviço de streaming num jogo, foi removido. “As tuas subscrições não só desbloqueiam conteúdo exclusivo dos teus artistas favoritos, como também influenciam a curadoria, ou seja, ao subscreveres estás a fazer com que um artista seja destacado na homepage e nas playlists ao mesmo tempo que contribuis directamente para ajudar a sua carreira”, explica o executivo.
Todos os artistas do Tradiio podem ser subscritos, ou seja, a anterior funcionalidade Círculos deixou de ser por convite. No caso de não quereres subscrever um artista, podes apenas segui-lo, não existindo qualquer compromisso monetário.