AirPods funcionam com Android e outros equipamentos que não são da Apple


 
Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

Esta quarta-feira, a Apple apresentou o primeiro iPhone sem entrada para auscultadores e anunciou os AirPods, uma solução que te permite ouvir música sem fios. Estes auscultadores, que se ligam ao telemóvel da Apple por Bluetooth, podem ser usados com qualquer outro equipamento que suporte Bluetooth.

Vão custar 179 euros quando chegarem a Portugal no final de Outubro e poderão funcionar com iPhones e iPads com iOS 10 ou superior, com Apple Watches com watchOS 3 ou superior, e com Macs com macOS Sierra ou superior. E como a ligação é feita via Bluetooth, equipamentos Android e outros também são compatíveis com os AirPods.

A Apple confirmou que é possível ligar um telemóvel Android aos AirPods, mas acrescenta que a ligação com aparelhos da Apple é muito mais rápida e “mágica”. Isto porque a empresa criou um novo sistema de emparelhamento, em que basta colocar os AirPods junto do iPhone para que a ligação entre os dois seja feita. Se tiveres outros “iDevices” conectados pela tua conta iCloud, todos vão reconhecer os teus auscultadores e poderás usá-los para fazer uma chamada no iPhone e imediatamente a seguir ouvir música no teu Mac.

airpodsandroid_02

 

Fora do ecossistema Apple, os AirPodes funcionam como uns auscultadores sem fios banais, que se ligam a telemóveis e computadores através de Bluetooth. Os phones incluem um processador chamado W1 para que tenhas “uma qualidade de som extraordinária” e é prometida uma autonomia de 5 horas com um único carregamento (pelo menos com iPhones). Os AirPods podem ser carregados na sua caixa, garantindo uma autonomia de 24 horas.

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.