Facebook para empresas chega no próximo mês e será pago


Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

O Facebook At Work foi apresentado há mais de um ano e, desde então, está a ser utilizado por 5,25 milhões de pessoas. São os funcionários de 450 empresas que tiveram oportunidade de testar primeiro, e de forma gratuita, a plataforma, que agora vai ser aberta.

Toda e qualquer empresa – pequena, média ou grande – vai poder inscrever-se no Facebook At Work a partir de meados do próximo mês e testar a plataforma gratuitamente. Findo o período experimental, será cobrado um valor por cada utilizador activo na plataforma.

Estes detalhes foram divulgados através do site The Information, que entrevistou Julien Codorniou, director do Facebook At Work. Sem adiantar valores, o responsável referiu que a decisão de cobrar um valor “por utilizador activo mensalmente” teve por base o facto de a empresa acreditar que o produto “vai manter os funcionários envolvidos”.

lancamentofbatwork_02

O Facebook At Work é, no fundo, uma versão do Facebook adaptada ao mundo empresarial. Existe um News Feed, os Groups, os Events e uma aplicação especial do Messenger (chamada “Chat Work”), bem como o mesmo algoritmo do Facebook só que adaptado ao contexto empresarial. No futuro, o Facebook At Work poderá usar inteligência artificial para determinar o estado de espírito dos funcionários. Por outras palavras, conta o Engadget, o Facebook At Work vai ser capaz de aprender os sentimentos dos empregados relativamente a determinados assuntos.

O Facebook At Work é um concorrente directo a outras aplicações como o Slack, o Skype e o Riot, uma solução open-source e que oferece encriptação.

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.