Linda Martini estreiam curta-metragem no DocLisboa 2016


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Os Linda Martini apresentam O Dia Em Que A Música Morreu, uma curta-metragem do realizador Bruno Ferreira, concebida de uma ideia original deste com a banda.

A ideia teve como ponto de partida a realização de um videoclipe para um tema homónimo (ou seja, também denominado “O Dia Em Que A Música Morreu”), um dos mais elogiados pela crítica e que foi editado com Sirumba, o mais recente álbum dos Linda Martini.

O videoclipe depressa passou a um filme documental cuja narrativa se constrói em torno dos mineiros de Aljustrel e da sua relação com o silêncio. Bruno Ferreira propõe um híbrido que nos priva os sentidos e faz com que as palavras que não podemos escutar ressoem contundentes no espaço interpretativo, dilatando as margens do cinema documental e do formato “videoclip”.

O filme conta com a participação do Grupo Coral do Sindicato dos Mineiros de Aljustrel e da companhia de teatro de marionetas chilena Silencio Blanco.

A ante-estreia, integrada no festival DocLisboa, está marcada para o dia 27 de Outubro, às 21h30, na Culturgest, em Lisboa. Trata-se de uma sessão especial dentro da secção Heart Beat e contará com a presença de Bruno Ferreira e dos Linda Martini numa sessão de perguntas e respostas aberta ao público, seguida de uma festa na qual todos os elementos da banda vestem a pele de DJs.

Se não conseguirmos aumentar o número de patronos, a 2ª edição da revista será a última, e o Shifter como o conheces terminará no final de Dezembro. O teu apoio é fundamental!