Jameson Urban Routes: os 5 concertos a não perder


A febre dos festivais de Verão acabou. Começam finalmente os concertos em salas e o público dispersa pelos seus nichos. Depois começam os festivais urbanos de Inverno. E o Jameson Urban Routes abre a época a festejar o seu décimo aniversário, com novidades no formato e conseguiu um cartaz diverso e com nomes muito interessantes.

A grande novidade é os concertos passarem a sessões, de concertos e de clubbing. Assim vamos ter dias em que temos mais que uma sessão. Podes comprar um bilhete de dia (20 euros), um pack de 5 sessões (50 euros) ou o passe do festival (99 euros).

Os nomes foram saindo foram vários os que entraram para a lista de onde gastar metade do ordenado. Muita coisa a acontecer e há que fazer escolhas e visitar as barraquinhas do merch é sempre importante. Estes são as 5 sessões (e discos) que não queremos perder.

Wild Beasts | 24 de Outubro, 21h00

jamesonurbanroutes16_02

São o nome grande do cartaz e têm nas mãos a abertura esgotada do festival. Muita gente para os ver. A banda já anda por aí há uns anos e chegaram a passar por cá com o disco de 2014, Present Tense. Tive a oportunidade de ver e curti. É um bom disco. E os 3 anteriores não ficam atrás. Embora o novo Boy King tenha feito menos barulho nos media que o anterior, esta nova onda mais funk deve soar bem ao vivo. Tem pormenores que reproduzidos live, devem dar muito mais vida ao som. Vai valer a pena.

Gold Panda + EGBO  | 26 de Outubro, 21h00

jamesonurbanroutes16_03

Já não é novidade que eletrónica tem ganho expressão e a malta como o Gold Panda em destaque. Quem nunca. Só aquela malha “You” a passar em todas as playlist de Spotify no Verão. Passam invernos e agora o som está mais maduro, forte e até pesado. A onda mudou um pouco com mais techno à mistura e o resultado foi o Good Luck and Do Your Best, um dos disco que mais tem impressionado este ano. Mas os fãs que estejam descansados, que já fiz questão de checkar a playlist, com malta lá no trabalho, e à malhas antigas. Depois ainda para acabar a jardar há EGBO na mesma sessão. Yesterday You Said Tomorrow é dos melhores discos nacionais do ano. Alta produção.

65daysofstatic + Thought Forms | 27 de Outubro, 21h00

jamesonurbanroutes16_04

Mais um nome grande no cartaz deste ano. E que venha um pouco de barulho para o Cais Sodré, como a malta gosta. Os 65daysofstatic tem um percurso muito interessante com muitas referências da onda pós rock. Os 5 discos já editados mostram uma boa evolução e embora as comparações com Explosions in the Sky, a mistura de influências mais math rock dá personalidade.Vêm mostrar o último disco  editado em Agosto No Man’s Sky: Music For An Infinite Universe, gravado para a banda sonora do jogo No Man’s Sky. A banda vem em tour na companhia dos britânicos Thought Forms.

Sensible Soccers + The Comet is Coming | 28 de Outubro, 21h00

jamesonurbanroutes16_05

Uma sessão completa. De um lado temos uma das banda emergentes em Portugal. Os Sensible Soccers fizeram um grande primeiro, o 8, e regressaram este ano mais maduros com o novo Vila Soledade. Provavelmente até já os viste tocar durante o Verão num festival mas não importa. Vale a pena rever e passar lá pelos discos. De outro lado temos a fritaria dos The Comet Is Coming. Mete jazz eletrónico, mete techno, mete hip hop, mete psicandélico e mete drogas. Quem passou pelo Milhões de Festa em 2012 deve recordar a festa que esta malta consegue fazer.

Mikky Blanco | 29 de Outubro, 21h00

jamesonurbanroutes16_06

O queer do hip hop está de volta. Mykki Blanco é nome grande em qualquer cartaz. A presença desta personagem é irónica e referenciado como um dos líderes do género. Quem for ver, terá sempre uma experiência para recordar. Tem é de estar preparado. Vai ter danças, beijos e coisas esquisitas. É conhecido por quebrar barreiras no formato que conhecemos do rap mais próximo da eletrónica e explora os conceitos de identidade à sua volta. A última visita à capital foi atribulada, quando foi preso por resistência a um agente. Vamos lá como vai correr desta vez.