Phoenix RDC: o “Renegado” do hip hop tuga


Phoenix RDC O Renegado
 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

O mais recente rebento de Phoenix RDC saiu para as ruas no passado dia 7 de Outubro. Renegado apresenta-se como o sucessor de Caos, lançado no ano passado. Apesar de a primeira projecção ser a de que estamos perante um álbum, é logo na primeira malha que percebemos que, afinal, é uma mixtape.

A mesma é composta por instrumentais originais, alguns produzidos por Stonn, outros types beats disponibilizados online por produtores internacionais. Phoenix RDC optou, assim, pela a ideia contrária à concepção da tradicional mixtape – a de rimar em beats já usados por outros artistas.

“Bem-vindos à minha mixtape e obrigado pela escolha, antes demais agradeço a vocês que dão sangue, vocês fazem parte da minha história, vocês fazem parte da minha gang.”

O disco assenta sobretudo no descrição do quotidiano e história do próprio, mas inspira-se também nas pessoas que lhe são próximas, na zona de Vialonga, relatando as suas vivências e histórias.

A influência de artistas como por Onyx, Wu Tang Clan ou Tupac Shakur está bem presente, seja na importância do background de uma crew – neste caso, uma gang chamada Junior Mafia – ou na temática do hustle e thug life, associadas e aliadas à sobrevivência, sem meias palavras ou metáforas que procurem embelezar as desigualdades sociais.

“Eu não morri por um triz, tanta guita que eu quis, tanta guita que eu fiz, mas muita gente me diz que eu não morri por um triz, quando a morte chama não existe hora, mas pelos meus brothas eu morro agora.”

Com uma mensagem e sonoridade motivadas pelos anos 1990, Renegado transporta consigo um pesar e incompreensão pela perda de alguns valores base no hip hop, não procurando criticar outros géneros musicais mas sim a constante busca por parte dos novos rappers em adaptar o seu hip hop à sonoridade que o mercado mais ostente.

“Kizomba tá na moda eu aplaudo, a sério não é isso que me deixa irritado, é que esses rappers são escravos de tudo o que bate no mercado, se a Amália ressuscitar garanto que vão fazer fado, é um facto!”

 

Renegado conta com as colaborações de G-Son e Pizzy dos Web Bed Gang, para além de Kosmo DaGun, NBC e The Sicários. Desta forma, Phoenix RDC mantém a coerência em relação ao Caos, no que diz respeito a trabalhar com artistas que fazem parte da sua “familia”.

A Mixtape Renegado está disponível para venda em formato fisico através da página do Phoenix RDC e do site SoHipHop e audição gratuita no Spotify.

Phoenix RDC: Renegado

  1. “Big Bang”
  2. “Ciclo Thug”
  3. “A Fazer Cash”
  4. “A Street Tem Dono”
  5. “Junior Mafia”
  6. “Opções”
  7. “Skit”
  8. “Renegado”
  9. “Gravidade”
  10. “Boca 10”
  11. “100% Hardcore”
  12. “Meu Mundo”
  13. “O Ceu É O Limite”
  14. “Verdade”
  15. “Crime”
  16. “Destino”

renegadophoenixrdc_02

O Shifter precisa de cerca de 1600 euros em contribuições mensais recorrentes para assegurar o salário aos seus 2 editores. O teu apoio é fundamental!