Casey Neistat decide deixar de fazer vlogs diários


Os vlogs mais fixe do YouTube acabaram. Casey Neistat decidiu pôr um ponto final nos vídeos diários que fazia desde Março de 2015. Ficam mais de 500 episódios que entretiveram milhões de pessoas ao longo de meses e que inspiraram uma geração de novos youtubers.

Foi a 26 de Março de 2015 que Casey Neistat publicou o primeiro vlog no YouTube, a que chamou de episódio 1. O objectivo de Casey, que era seguido na altura por pouco mais de um milhão de pessoas, foi desafiar-se criativamente e criar um compromisso de publicar regularmente no YouTube. A explicação é o próprio que a dá no último episódio da sua série de vlogs, partilhado no sábado:

O youtuber e também filmmaker explica que, se inicialmente sentiu esse desafio criativo de acordar “todos os dias a pensar o que podia fazer naquele dia para criar o melhor vídeo possível”, nos “últimos 6 meses”, perdeu esse entusiasmo. “Tornou-se fácil, encontrei um ritmo, um sistema para abordar estes vídeos diários, e deixou de ser um desafio”, explica no mesmo vídeo, já com mais de 5 mil visualizações.

Casey Neistat quer agora encontrar um novo formato ou simplesmente fazer algo diferente daqui para a frente. Vai continuar como youtuber e a produzir os pequenos filmes que sempre produziu (o último deles é uma review ao novo MacBook Pro com Touch Bar).

Os vlogs de Casey duraram quase dois anos. Nunca foram descrições exaustivas da vida do próprio, mas uma selecção de momentos do dia-a-dia que juntos contassem uma história interessante. O modelo único de edição e realização dos vídeos foi adoptado por muitos outros youtubers – pesquisando “how to vlog like casey neistat” percebe-se a dimensão do impacto de Casey no formato vlog.

Quer fosse para fazer snowboard nas ruas de Nova Iorque, para dizer às pessoas para votar na Hillary Clinton ou para comer um hambúrguer do McDonalds de 12 dólares, Casey Neistat fazia acompanhar-se de vário material, entre câmaras, lentes, tripés e microfones. O seu trabalho diário teve por mais de 1,2 mil milhões de visualizações e vai deixar saudades.