Cobertos de lama, caminharam pela Democracia no Brasil


Uma performance artística invulgar numa das avenidas mais importantes de São Paulo, no final de Outubro, pretendeu mais uma vez activar a temática da Democracia no Brasil, que recentemente assistiu ao afastamento de Dilma do cargo de Presidente e à tomada de posse de Temer.

A encenação foi protagonizada por um grupo misto de voluntários e voluntárias, que, em trajes formais e cobertos de lama, caminharam ao longo da Avenida Paulista. Acessórios como malas e bolsas compuseram o resto da indumentária das pessoas participantes. A performance, intitulada “Cegos”, foi organizada pelo Desvio Colectivo e já foi apresentada em mais de sete países, tendo mobilizado cerca de um milhão de pessoas nas suas intervenções em cidades espalhadas pelo mundo.

cegossaopaulo_02

cegossaopaulo_03

cegossaopaulo_04

cegossaopaulo_05

Segundo conta a Mídia Ninja, um dos movimentos sociais que mais se tem destacado no Brasil, conta que “algum pontos da avenida receberam paragens estratégicas”, como a sede da FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), onde os actores/activistas se depararam com “alguns defensores da ditadura militar, que exibiam faixas pedindo a volta do regime que suprimiu a Democracia por 21 anos”.

cegossaopaulo_06

cegossaopaulo_07

cegossaopaulo_08

cegossaopaulo_09

cegossaopaulo_10

cegossaopaulo_11

cegossaopaulo_12

A performance contou com outros momentos de profundo simbolismo, como uma saudação, de “braços estendidos e as mãos espalmadas”, aos símbolos da sociedade contemporânea, como as agências bancárias, e um protesto contra a chamada “imprensa corporativa brasileira”, que terá tido um papel activo no afastamento de Dilma Rousseff e ocupação por Michel Temer.

cegossaopaulo_13

cegossaopaulo_14

cegossaopaulo_15

cegossaopaulo_16

cegossaopaulo_17

cegossaopaulo_18

O cortejo foi acompanhado por vários apoiantes, de diferentes posições políticas, que entoaram palavras de ordem e exibiram cartazes com recados diversos, segundo a Mídia Ninja. Algumas dessas mensagens tinham precisamente a ver com o impeachment.

“O simbolismo dos locais escolhidos para as paradas e as intervenções neles feitas são um convite à reflexão sobre o momento pelo qual passamos”, conclui a Mídia Ninja.

cegossaopaulo_19

cegossaopaulo_20

cegossaopaulo_21

Fotos de: Tuane Fernandes/Mídia Ninja