O serviço público de rádio tem uma nova imagem


Costuma dizer-se que a rádio não tem imagem mas esta afirmação não é totalmente verdade. Se é verdade que uma emissão de rádio é apenas um sinal de aúdio, há muito que as rádios enquanto marcas e produtoras de conteúdos saíram dos estúdios.

Estão nas redes sociais, fazem espectáculos ao vivo, montam estúdios nos festivais de Verão e convidam-nos a entrar, produzem documentários, lançam discos e criam programas que, através da televisão, ganham imagem. De repente, passámos a conhecer a cara dos locutores e a interagir com a nossa rádio preferida (porque todos temos uma) fora do carro, do escritório e da casa.

O serviço público de rádio tem um nova nova imagem, que segue a nova filosofia gráfica que vimos pela primeira vez nos início deste ano, com os novos logos dos canais RTP.

A Antena 1, a Antena 2, a Antena 3, a RDP África e a RDP Internacional têm, a partir desta terça-feira, uma nova imagem, que deverá estender-se futuramente às estações regionais (RDP Madeira e RDP África) e às rádios digitais (da Antena 1 Memória à Antena 2 Ópera).

novoslogosradiospublicas_02

novoslogosradiospublicas_03

novoslogosradiospublicas_04

novoslogosradiospublicas_05

novoslogosradiospublicas_06

Se te desligaste do serviço público de rádio, esta pode ser uma boa oportunidade para voltares a sintonizar o rádio, por exemplo, na Antena 3 ou visitares o site antena3.rtp.pt.