Mozart vendeu mais CDs que o Drake ou a Beyoncé, este ano


Drake, The Weeknd, Beyoncé, Kanye West e Rihanna são alguns dos grandes nomes deste ano em vendas físicas e digitais, mas existe um músico que ultrapassou-os sem possuir título de cantor pop ou rapper. Diz a Universal Music Group que o maior volume de vendas de CDs de 2016 pertence a Mozart.

Mozart 225: The New Complete Edition, um conjunto de 200 CDs que inclui todas as obras do compositor clássico e que foi lançado a dia 28 de Outubro no 225º aniversário da sua morte, resultou em 1,25 milhões de discos vendidos, ou seja, 6 250 conjuntos nas primeiras cinco semanas no mercado.

Esta colecção conta com a participação de 600 solistas de classe mundial e de 60 orquestras, que gravaram todos os concertos, sinfonias e óperas concebidas na curta vida de Mozart. Foram necessários vários anos para que todo este projecto de 240 horas de música fosse concretizado com a qualidade que merece.

Mozart 225 foi produzido pelas editoras Decca e Deutsche Grammophon, em colaboração com a Salzburg Mozarteum Foundation. A Universal considera-o como “o mais competente, completo e erudito conjunto de sempre dedicado ao trabalho de um único compositor”.

Toda a música é intemporal, cabe-nos a nós dar valor ao que é feito, antes, durante e depois das carreiras de grandes músicos e grandes artistas que já foram, são e continuaram a ser conhecidos ou relembrados pela sua arte, a sua pegada neste planeta.