Spotify goza com os nossos piores segredos em campanha publicitária


Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

“Thanks, 2016, It’s been weird.” O Spotify termina o ano em grande com uma original campanha publicitária onde expõe os hábitos musicais mais estranhos dos ouvintes em outdoors espalhados por várias cidades.

As tuas escolhas musicais podem estar agora a ser questionadas e comentadas por milhares de pessoas pelo mundo. O Spotify decidiu utilizar os dados estatísticos referentes a 2016 e compilar algumas das tendências musicais mais estranhas dos seus utilizadores em alguns outdoors pelos Estados Unidos, Inglaterra, França e Alemanha.

spotify2016weird_02

“Cara pessoa que ouviu 42 vezes a ‘Sorry’ no dia de S. Valentim. O que é que fizeste?”, pergunta o serviço de streaming. “Para os 1 235 homens que gostaram da playlist ‘Girl’s Night’ este ano, adoramo-vos” ou “Estimadas 3 749 pessoas que ouviram ‘It’s the End of the World As We Know It’ depois do Brexit, aguentem!” são algumas das piadas que se podem ler nos placards publicitários.

spotify2016weird_03

Seth Farban, director de marketing, explicou que, nos últimos tempos, tem-se assistido a um debate de como as informações estatísticas podem anular a criatividade nas empresas e marcas. “Para nós, os dados inspiram-nos e dão-nos uma visão das emoções que as pessoas expressam” através da música.

spotify2016weird_04

A campanha foi desenvolvida por uma equipa interna de marketing e é, sem dúvida, a maior iniciativa publicitária da marca à escala global até ao momento.

spotify2016weird_05

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.