5 bots no Messenger para experimentares

Os bots podem ser uma solução para a sobrelotação de apps.

No início desta década os smartphones redefiniram a forma como comunicamos. Tornaram tudo móvel, colocaram a Internet e os nossos amigos na palma da mão. As apps foram, desde o início, o ponto de contacto entre o utilizador e os serviços online.

Ao longo de vários anos instalámos aplicações atrás de aplicações nos nossos telemóveis – instalámos demasiadas aplicações. Há serviços de que precisamos esporadicamente, quando vamos viajar, e há outros que se sobrepõem (e se em vez de cinco aplicações de notícias, uma de cada jornal, tivéssemos uma só que nos desse o conteúdo dos cinco?).

Graças ao amadurecimento do bots e da inteligência artificial (IA), plataformas de chat como o Messenger estão a assumir-se como a solução para a sobrelotação de apps. Bots são mecanismos automáticos que, sendo inteligentes, entendem determinado pedido feito em texto e que reagem de forma inteligente a ele. No campo das mensagens, os chamados chatbots são capazes de falar com um humano, compreendendo o que ele diz e agindo em conformidade.

Depois de o Facebook ter introduzido os bots no Messenger em 2015, os bots ganharam uma inesperada popularidade em 2016, com outros serviços de mensagens a seguirem o mesmo rumo. Em Setembro o Facebook anunciou existirem mais de 11 mil bots criados para o Messenger. Não se sabe quantos dos mil milhões de utilizadores que a aplicação tem estão a usá-los, mas desses bots – o Chatible, uma espécie de Chatroulette – alcançou em Julho 250 mil utilizadores no espaço de 3 semanas. Naturalmente que este é um daqueles casos de popularidade efêmera (ao “estilo Pokémon Go”), mas dá uma ideia da receptividade da tecnologia.

Apresentamos-te 5 bots no Messenger, alguns úteis, outros simplesmente divertidos, para experimentares na plataforma de mensagens do Facebook:

1 – Notícias

O jornal britânico The Guardian criou uma newsletter no Messenger. Para assiná-la, tens de ir a m.me/theguardian e activar o bot escrevendo qualquer palavra. A partir daí, recebes um “morning briefing” com cinco notícias, todos os dias, à hora que escolheu: 6, 7 ou 8 da manhã.

A qualquer momento, podes interagir com o bot do The Guardian, uma das referências mundiais do jornalismo, para obter os principais títulos, as notícias mais populares ou conteúdos mais recentes sobre determinado tópico, como política, negócios ou desporto.

O The Guardian não é o único jornal com uma newsletter no Messenger: podes experimentar também a do Engadget, do TechCrunch, da Complex ou da Hypebeast.

2 – Assistente pessoal: Jarvis

Se a tua memória não é de elefante e se precisas de apontar tudo o que tens de fazer para não te esqueceres de nada, este bot pode dar-te uma ajuda. Chama-se Jarvis e é um assistente pessoal no Messenger que te lembra de comprar os bilhetes para o concerto às 8 horas de amanhã, de ir passar o cão dentro de 5 minutos ou de apanhar a Rita de carro mais logo.

Para guardares um lembrete no Jarvis, basta falares com ele: “Remind me to buy festival tickets when they go on sale tomorrow at 8:55AM”. Ele sabe em que fuso horário estás porque lhe disseste em que cidade estás na vossa primeira interacção.

O Jarvis só compreende inglês, mas está tudo bem desde que uses a expressão “remind me” as horas no formato “hora:minutos” (o Jarvis compreende o formato 24 horas) – por exemplo, “Remind me comprar bilhetes para o festival tomorrow at 14:30”.

3 – Meteorologia: Poncho

Diariamente, às 7, 9 e 8 horas e/ou às 16, 17 e 18 horas, dependendo das tuas preferências, podes saber como está o tempo lá fora sem espreitar pela janela ou abrir uma app. O bot do Poncho envia-te a informação meteorológica da cidade ou vila onde estás automaticamente; podes também pedi-la a qualquer momento.

E se pensas que o Poncho fica atrás do boletim meteorológico da televisão, desengana-te. Podes saber detalhes como a humidade e pressão atmosférica, a velocidade do vento e as horas do nascer e pôr do sol. Também consegues saber se vai chover nos próximos 5 dias e há um boletim dedicado a cabelos – sim, isto é especialmente para vocês, meninas.

Como extra, o Poncho também te dá o horóscopo, basta dizeres o teu signo.

4 – Chatible

Sejas um nostálgico do Chatroulette ou alguém que não sabe o que isso é sequer, o Chatible é um bot com o qual vais gostar de brincar durante algum tempo. Quando acedes a m.me/chatible, a primeira coisa que terás de fazer é abrir um novo chat e, para tal, terás apenas de escolher um canal: “general”, “english”, “audiochat” ou “tech”. Em poucos segundos, serás conectado a uma pessoa qualquer, activa no Chatible ao mesmo tempo que tu. Não saberás nada sobre ela, nem tão pouco o seu nome, mas poderás falar do que quiseres com ela.

Toda a conversa no Chatible é anónima – vais estar a trocar mensagens com uma pessoa real mas na janela do Messenger o que vês é o ícone do Chatible. Quando te fartares, podes terminar o chat e iniciar um novo. Nem sempre podem existir utilizadores disponíveis.

5 – Receitas

Prometeste que fazias hoje o jantar mas não tens ideias? O Sous-Chef, um bot criado pelo The Guardian, tem ao seu dispôr as receitas publicadas pelo diário britânico e pelo seu “primo” semanal The Observer. Podes pesquisar por cozinha, ingrediente, prato ou dieta. Consoante o teu pedido, o bot sugere-te cinco receitas. Se não gostares de nenhuma, podes pedir outras.

O retalhista Continente também tem um bot de culinária. Aqui podes falar com o Chef Continente: aceitar as suas sugestões, preparar uma refeição especial ou pesquisar uma receita específica, através de uma categoria (carne, peixe, etc) ou de um ingrediente ou mais.

Outras sugestões

Queres mais? Eis mais 5 bots que também podes experimentar no Messenger: ShelfJoy, que te recomenda livros; And Chill, para quando não sabes que filme ver à noite; WTF Is That, um bot que advinha o que; Alex WikiMessenger, que te permite pesquisa na Wikipédia directamente no Messenger; Dad Joke Bot, se te conseguires rir com “piadas de pai”.