A nova identidade da Juventus: lance válido ou fora de jogo?

O rebranding da Juventus é uma desmarcação da imagem de um tradicional clube de futebol para um novo universo.

Não é muito habitual por aqui escrevermos sobre futebol mas desta vez a excepção tem de ser feita. O rebranding da Juventus é uma desmarcação da imagem de um tradicional clube de futebol para um novo universo. A jogada saiu, neste caso, das mãos da sucursal de Milão da conceituada Interbrand.

Se ainda não viste, deixamos-te a repetição – que é como quem diz, o vídeo de apresentação do novo visual da Vecchia Signora.

Jogada de difícil análise, hum? Tanto que começa a escassear jargão futebolístico que nos sirva de muleta. Passemos portanto ao que interessa, o rebranding.

A Juventus é um dos mais antigos e prestigiados clubes do futebol europeu, com uma história rica (onde não faltam altos nem baixos). Ganhou um lugar especial no coração dos adeptos, como prova o respeitoso trato universal de “Velha Senhora” – alcunha singular num ambiente marcadamente masculino.

Fundada em 1897 é desde o príncipio dos tempos representada pelo forte contraste Bianconeri em aplicações variadas nos diversos símbolos – e foram 9 desde o primeiro. Entre variações subtis do escudo clássico e abordagens mais inusitadas como a de 1979, as mudanças constantes são um sinal claro da vontade do clube em impôr o seu estilo (de jogo).

O mais recente logo não é excepção. Conceptualmente baseado na história do clube, a nova identidade da Juventus parece ser uma reinterpretação de todo o seu património à medida dos novos tempos e dos novos desafios. Um compromisso gráfico entre a elegância característica da história e a emergência de querer fazer parte deste tempo.

Imagem via Brandemia.org

Built upon heritage-founded principles of confidence, determination, and uncompromising conviction, Juventus has crafted a revolutionary growth plan—launched during the inaugural “Black and White and More” event and sustained by a new brand strategy and identity. Interbrand

A identidade criada sob o motto “Black and White and More” pretende mais do que ser uma síntese visual do clube, estabelecer as bases necessárias para que a Juventus continue a ganhar tração e se torne num fenómeno cada vez mais global. Ou como diria um marketeer: uma love brand. 

A provar esta intenção e a materializar desde já a promessa estão as variações e aplicações já reveladas pela Interbrand.

A nova identidade da Juventus pode não ser totalmente consensual mas é um trabalho completo e complexo que ainda agora começou a ser revelado. O detalhe e a lógica do sistema, que abriga desde a família tipográfica a aplicações ao estilo de Basquiat, fazem com que mesmo os mais avessos quanto à forma estática do logo sejam levados a um segundo e terceiro olhares sobre o projecto.

A forma pode não convencer para já a totalidade mas só o tempo dirá se a marca é realmente eficaz. Por agora, resta começarmo-nos a habituar à ideia de que tudo continuará a evoluir – até os aparentemente tradicionais escudos dos clubes de futebol.
Como diz o teaser “É o futuro, agora!”.