George Lucas anuncia construção de museu de mil milhões de dólares em Los Angeles

A inauguração do Lucas Museum of Narrative Art está prevista para 2020.

A arquitectura do museu é inspirada, claro, numa nave espacial

Depois de meses de intensa especulação, George Lucas e os seus associados anunciaram em comunicado, esta terça-feira, a decisão de construir o seu Museum of Narrative Art em Los Angeles, na mesma zona urbana onde já se encontram os museus dedicadas à Ciência, História Natural e o da cultura Afro-Americana.

O realizador e produtor americano, conhecido mundialmente por ter criado a saga Star Wars e o personagem Indiana Jones, demorou anos a idealizar o museu e a conseguir o projeto. Agora, com a localização escolhida, será também o próprio a financiá-lo, com custos previstos a rondar os 950 milhões de euros. Uma módica quantia, se recordarmos que em 2012 recebeu cerca de 4 mil milhões da Disney pelos direitos de Star Wars e continua a ser acionista da empresa.

O projecto do futuro modelo

Na exposição permanente do futuro museu, estarão cerca de 40 mil materiais de desenho, pintura, fotografia, literatura, escultura e figurinos da sua extensa coleção particular acumulada ao longo de décadas. Apesar da história do realizador de 72 anos se confundir com a de Star Wars, o museu terá muito itens alusivos a outros filmes sem ser os da opera espacial. Mas sim, o capacete original do Darth Vader estará presente.

Arte de filmes como The Ten Commandments, The Wizard of Oz ou Casablanca estará presente no Lucas Museum of Narrative Art, bem como a de artistas como Norman Rockwell, N.C. Wyeth, Robert Crumb ou Edgar Degas. O museu, com inauguração prevista para 2020, pretende “inspirar, atrair e educar um público vasto e diverso” através da divulgação da arte de contar histórias em diferentes plataformas.