Nintendo Switch: já se sabem mais pormenores

Consola vai chegar a Portugal no dia 3 de Março.

Numa nova apresentação, a Nintendo revelou a disponibilidade da Switch nas lojas a partir de 3 de Março e ainda alguns dos jogos que acompanharão o lançamento da consola.

A Nintendo Switch é a sucessora da Wii e da Wii U, que tem na versatilidade o principal factor diferenciador relativamente à Xbox ou PlayStation. Na verdade, a Switch tanto pode servir como consola doméstica, estando ligada a uma TV em casa, como pode imediatamente transformar-se numa consola portátil com ecrã de 6,2 polegadas. A Nintendo Switch é a primeira consola de utilização primariamente doméstica que pode ser usada em qualquer altura e em qualquer lugar.

Os comandos de jogo da Switch são conhecidos como Joy-Con e de origem vêm dois: um Joy-Con esquerdo e um Joy-Con direito. Na caixa, junto com a consola e os dois comandos, vem um suporte no qual dois Joy-Con podem ser encaixados e utilizados como um só controlo. Serão lançadas duas versões da Switch: uma com Joy-Con cinzentos e outra com um Joy-Con azul néon e um vermelho néon.

“A Nintendo Switch representa uma nova forma de jogar em casa e oferecerá uma grande diversidade de estilos de jogo”, declarou o presidente da Nintendo, Tatsumi Kimishima, acrescentando: “Vamos mostrar ao mundo novas formas de diversão possibilitadas pelas características únicas da consola e dos Joy-Con.”

O ecrã da Switch vem com um painel de toque capacitivo para jogos compatíveis. A bateria poderá durar mais de 6 horas, mas variará consoante o título jogado e as condições de utilização. Segundo a Nintendo, ao jogar The Legend of Zelda: Breath of the Wild, a bateria durará aproximadamente três horas. Já fora de casa, a Nintendo Switch podem ser carregada ligando o carregador ao conector USB-C.

Os dois Joy-Con podem ser utilizados de forma independente em cada mão ou funcionar como um só comando quando encaixados no suporte. Cada Joy-Con conta com botões e será capaz de funcionar de forma autónoma. Igualmente, cada um inclui um acelerómetro e um sensor de movimentos, o que possibilitará o controlo por movimentos esquerdo e direito de forma independente.

O Joy-Con esquerdo apresenta um botão de captura que poderá premir para captar imagens do jogo instantaneamente e partilhar depois nas redes sociais. O Joy-Con direito inclui ainda um ponto de contacto NFC que permitirá a interacção com figuras amiibo, assim como uma câmara de infravermelhos capaz de detectar distâncias, formas e movimentos de objectos nas proximidades em jogos compatíveis. Conseguirá, por exemplo, determinar a que distância está a mão do jogador e indicar até se estará em forma de pedra, papel ou tesoura.

Ambos os Joy-Con incluem um sistema de vibração que, segundo a Nintendo, é tão definido que oferece um nível de realismo impossível de atingir apenas através de imagens e sons. Um jogador poderá, por exemplo, sentir a vibração de cubos de gelo individuais a colidirem dentro de um copo ao agitar um Joy-Con.

Além da possibilidade de jogar online, a Nintendo Switch vai suportar um sistema multijogador local, que permitirá emparelhar um máximo de oito consolas. Na apresentação que decorreu às 4 da manhã, hora de Lisboa, no Japão, a Nintendo também desvendou um novo serviço online por subscrição, que arrancará com um período de experimentação grátis no seu lançamento no Outono. O serviço incluirá uma app para telemóveis que permitirá aos utilizadores convidar amigos para jogar online, agendar partidas e conversar uns com os outros enquanto jogam.

Editoras externas de renome em todo o mundo, incluindo a Activision, a EA, a Take 2 e a Ubisoft, a que se juntam estúdios japoneses, já confirmaram a sua colaboração com a Nintendo Switch. Algumas destas, como a Bethesda, irão colaborar com a Nintendo pela primeira vez. Relativamente a títulos, podemos esperar novos jogos de grandes séries, como FIFA, The Elder Scrolls ou NBA 2K, todos eles sem qualquer bloqueio regional.

Confirmados estão os jogos The Legend of Zelda: Breath of the Wild, Mario Kart 8 Deluxe, Super Mario Odyssey e Splatoon 2. A Nintendo vai lançar ainda 1-2-Switch, um jogo próprio que permite que os jogadores participem em diferentes actividades olhando não para o ecrã da TV, mas sim nos olhos dos adversários. Os jogos do 1-2-Switch variam desde tiroteios no Velho Oeste a competições de dança.