A LG parece ter uma boa surpresa preparada para Barcelona

O LG G6 será revelado a 26 de Fevereiro.

O final de Fevereiro e início de Março é reservado por algumas das maiores fabricantes de telemóveis para dar a conhecer as primeiras novidades do ano. O pretexto é o Mobile World Congress (MWC) que, anualmente por essa altura, reúne em Barcelona centenas de profissionais e jornalistas de tecnologia – entusiasmados para saber e contar as últimas novidades do ramo móvel, apresentadas naquela cidade espanhola pela Samsung, LG, Huawei, Sony, HTC, Alcatel e dezenas de outras tecnológicas, incluindo start-ups.

Neste 2017, a Samsung, outrora uma das principais presenças no MWC, deverá ter uma participação menor. É que o lançamento do Galaxy S8, a próxima estrela da sul-coreana, foi atrasado e só deverá ocorrer no final de Março. Sem S8 para mostrar, a Samsung poderá anunciar um tablet, o Galaxy Tab S3 – é pelo menos isso que dá a entender a imagem do convite enviado aos jornalistas. Desde 2014, a Samsung tem apresentado o seu topo-de-gama, “o seu iPhone”, em Barcelona: estreou-se com o S5, seguiram-se o S6 e o S7.

Com os holofotes afastados da Samsung, a LG, a Huawei e a Sony ganham uma oportunidade para brilhar. A LG vai revelar o LG G6, sucessor do G5, revelado no ano passado em Barcelona. A Huawei deverá mostrar o Huawei P10, o herdeiro do P9 com uma dupla câmara Leica. Já a Sony terá na manga novos smartphones – a japonesa nunca se fica por um lançamento.

Mas de todos os lançamentos que vão acontecer no MWC, o da LG deverá ser a melhor surpresa. O convite enviado à imprensa revela um telemóvel com um grande ecrã mas não demasiado grande para não caber na mão. Deverá 5,7 polegadas e uma resolução de 2880×1440 pixels, traduzindo-se num aspect ratio de 18:9.

Apesar de 5,7 polegadas significar um ecrã maior que o de um iPhone 7 Plus ou Galaxy S7 Edge, por exemplo, isso não se traduzirá num equipamento desconfortavelmente largo. Isto porque, conforme mostra a foto deste artigo, divulgada oficialmente pelo The Verge, o que se ganhou em ecrã perdeu-se em moldura. A tela do LG G6 não irá de uma ponta à outra como a do Mi MIX, da Xiaomi, mas andará lá perto. “Ecrã grande que cabe”, lê-se no convite.

O LG G6 deverá ser construído inteiramente em vidro e metal, ter entrada para auscultadores e uma bateria não-removível (ao contrário do G5). O lançamento será a 26 de Fevereiro.