Os novos tablets da Samsung são uma resposta à Apple e à Microsoft

Tecnológica desvendou dois tablets, o Galaxy Tab S3 e o Galaxy Book.

A Samsung apresentou dois novos tablets, um comando para os Gear VR e o futuro das comunicações na conferência de imprensa do Mobile World Congress (MWC). A renovação do Tab S trouxe algumas novidades, mas o principal destaque vai para a nova gama Galaxy Book com Windows 10.

A apresentação começou com a admissão de um erro. Os últimos seis meses não têm sido fáceis, garantiu David Lowes, director de marketing (CMO) da Samsung Electronics Europe. A promessa é que a marca aprendeu e está empenhada em voltar a ganhar a confiança dos consumidores com acções e não com palavras. Uma clara referência ao lançamento “explosivo” do Note 7.

Galaxy Tab S3

Mas o primeiro destaque do evento foi desvendado por Mark Notton, director de estratégias de portfólio da Samsung Electronics Europe. Um dispositivo preparado para para lazer e produtividade: o Samsung Galaxy Tab S3, com Android 6.0.

Com uma renovada S Pen e teclado para o trabalho e quatro colunas estéreo AKG da Harman (e rotação sonora automática, conforme a posição do ecrã) para o entretenimento, o Tab S3 é um “sistema de home cinema de 9,7 polegadas” (Super AMOLED).

As suas capacidades são possibilitadas por um processador Snapdragon 820 quad-core, 4 GB de memória RAM e 32 GB de armazenamento (expansíveis até 256 GB, através de um cartão microSD).

A S Pen tem agora uma ponta mais fina de 0,7 mm e está mais integrada nos sistemas operativos. Além disso, traz uma parceria criativa com a Staedtler. Quem não usou um Noris HB 2 na escola? Pois bem, há uma versão especial, desenhada pela Staedtler, para que a S Pen se integre melhor nos hábitos dos consumidores.

O Galaxy Tab S3 encaixa-se no mesmo segmento do iPad Pro. Na conferência de imprensa, a Samsung inclusive “picou” a Apple, dizendo que a S Pen está incluída na caixa com a compra do Tab S3 (o mesmo não acontece com o teclado). A Apple vende a Apple Pencil em separado do iPad Pro.

Galaxy Book

Alanna Cotton, vice-presidente da Samsung Electronics America, foi quem subiu ao palco para apresentar os Galaxy Book para o “consumidor que não se pode dar ao luxo de se acomodar”. Entre o tablet e o portátil, chega o Galaxy Book para fazer companhia ao Surface, da Microsoft.

Vem com Windows 10. Que fique bem claro. Ou, pelo menos, foi essa a mensagem reforçada na conferência. Há duas versões da gama Galaxy Book: uma de 10,6 polegadas (TFT LCD, com resolução Full HD) e outra de 12 polegadas (Super AMOLED, com resolução Full HD+, 2160×1440 pixels). Ambas estão prontas para produtividade de alta intensidade, ao nível empresarial.

Enquanto que a versão de 10,6 polegadas traz um processador Intel Core m3, de dois núcleos, a de 12 polegadas vem com o CPU i5, versão U, de sétima geração. Ambas contam com 4 GB de memória RAM, mas a versão de 12 polegadas pode chegar até aos 8 GB.

Quanto ao armazenamento, além da tecnologia microSD, os tablets diferem. O “irmão maior” usa um disco SSD de 128 GB ou 256 GB. Já o “júnior” usa uma memória eMMC de 64 GB ou 128 GB.

Nos Galaxy Book, a S Pen integra-se com software de Adobe (como o Photoshop, por exemplo), além de trazer as funcionalidades já conhecidas ao Windows 10. Há ainda um teclado retro-iluminado com três diferentes níveis de intensidade. Tanto o teclado como a S Pen estão incluídos na caixa, na compra dos tablets.

Gear VR Controller

No final, ainda houve tempo para relembrar a apresentação de 2016 no MWC, que contou com a presença de Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, para lançar a versão final dos Gear VR. Desde então, os óculos de realidade virtual foram distribuídos por cinco milhões clientes.

Este ano, há um novo comando com touchpad. O Gear VR Controller permite interagir de forma diferente na experiência móvel de realidade virtual. A acessório vai estar incluído na caixa à partida.

Tim Baxter, director e chefe de operações (COO) da Samsung Electronics America, também subiu ao palco para falar das redes 5G e produtos relacionados. Algo também mencionado na conferência da Nokia. O fim da fibra ótica é uma das previsões. Um vislumbre do futuro.

“Brevemente, vamos mostrar como ultrapassámos ainda mais a fasquia para criar inovação de uma forma que não se vê há muito tempo na indústria”. Não, os novos smartphones topo-de-gama Galaxy (S8 e S8+, sugerem os rumores) ainda não foram anunciados. O evento Unpacked ficou marcado para 29 de Março, em Nova Iorque. 

Texto de: Filipe Santiago Lopes
Editado por: Mário Rui André