Qual é a cor do teu álbum favorito?

Predominant.ly: Uma biblioteca que organiza álbuns por cores.

A capa de um álbum é, praticamente desde sempre, um elemento indissociável da própria música que podemos descobrir num disco, independentemente do seu formato. Qualquer que seja o género musical, os artistas investem na imagem que guarda o seu trabalho, não só por uma questão conceptual mas muitas vezes na esperança que este lado mais visual seja suficientemente atrativo para que vendam alguns exemplares aos indecisos e curiosos que vasculham as prateleiras das lojas.

Se em relação à comida dizemos muitas vezes que os olhos também comem, será justo dizer que, musical e discograficamente falando, os olhos também ouvem. Mesmo numa época em que os exemplares físicos estão longe das vendas de outros tempos e os formatos digitais dominam, a capa associada a cada álbum continua a ser algo que os verdadeiros fãs têm bastante presente.

O estúdio holandês de design Open Work resolveu desafiar os curiosos que usam a Internet para encontrar música nova a procurar algo do seu agrado de uma forma diferente.

O predominant.ly foi criado há 2 anos e usa a cor predominante da capa dos álbuns para os organizar numa enorme biblioteca representada num espectro cromático que ocupa toda a página do site. E a novidade para cada um de nós pode até ser um álbum com várias décadas de existência. Se, por exemplo, o Channel Orange de Frank Ocean é mais ou menos óbvio e fácil de encontrar, a verdade é que saltando de cor em cor, passamos um bom bocado a perceber a quantidade de álbuns que conhecemos de uma determinada cor e arriscamo-nos a descobrir outros que nos captam a atenção precisamente pelo lado artístico, visual e colorido da sua capa. De cor em cor, de clique em clique ou de género em género não é difícil perdermo-nos nesta overdose cromática que culmina muitas vezes em lembranças e descobertas incríveis.

Se este artigo não te deixou minimamente interessado em conhecer o site, tenta pelo menos dar-lhe uma oportunidade da próxima vez que estiveres a pensar “o que é que vou ouvir agora?”.

Acredita que por mais cinzento que possa estar a ser o teu dia, há de certeza um álbum com uma capa predominantemente cinzenta capaz de te pintar o dia com tons bem diferentes.