Este bootcamp da Academia de Código pode ajudar-te a “reprogramar” a vida

Os ex-alunos da Academia têm um primeiro ordenado médio de 940 euros/mês e a taxa de empregabilidade é de 96%.

Academia de Código

A Academia de Código não vai descansar enquanto todos nós não soubermos programar e ainda bem. É uma missão louvável, dado a importância cada vez maior das tecnologias de informação no mundo profissional. Saber programar vai deixar de ser uma valência obrigatória apenas para quem quer fazer sites e aplicações – será algo que jornalistas, cientistas, artistas e profissionais de outras áreas terão também de saber.

É que, por exemplo, um jornalista que saiba programar pode ter mais oportunidades profissionais que um jornalista que não domine essas linguagens, pois esse conhecimento pode ajudá-lo a criar peças para os novos meios digitais.

Em Lisboa…

O 9º Coding Bootcamp da Academia de Código começa dia 17 de Abril, em Lisboa, e tem 20 vagas abertas a pessoas – independentemente da sua idade ou formação académica prévia – que queiram aprender a programar num formato intensivo e, ao fim de três meses e meio, integrar o mercado de trabalho como programador júnior. Mais uma novidade: ao contrário das edições anteriores, as inscrições estão abertas mesmo para quem não resida no município de Lisboa.

“O importante é que os candidatos estejam dispostos a mudar-se de ‘armas e bagagens’ para a capital e a viver a aventura cognitiva de conversão profissional mais desafiante das suas vidas”, refere a Academia de Código em comunicado, acrescentando que o que é fundamental é o domínio da língua inglesa – que é a língua franca comum à aprendizagem de todas as linguagens de programação.

“Numa área onde o desemprego é virtualmente zero, e os primeiros ordenados médios de ex-alunos da Academia de Código são de 940 euros/mês, <re>programar nunca foi tão fácil e divertido: é numa atmosfera disruptiva, criativa, altamente estimulante e descontraída que se vive o bootcamp desde o primeiro ao último dia”, lê-se na mesma nota. A Academia de Código revela que em dois anos de actividade recebeu mais de 5 mil candidaturas e que os seus ex-alunos têm uma taxa de empregabilidade de 96%.

As aulas vão decorrer continuamente de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas, durante 14 semanas. “É assim porque não podia ser de outra maneira: a programação é uma linguagem acessível a todos mas, em troca, exige uma entrega total e absoluta, conforme indicado no FAQ da Academia de Código, no qual são detalhados todos os pormenores deste Coding Bootcamp. Podes inscrever-te aqui.

…e no Fundão

Em paralelo, e em parceria com a Câmara Municipal do Fundão, decorrem ainda, e só até 24 de Março, as candidaturas para o 8º Coding Bootcamp da Academia de Código que se inicia a 28 de Abril no Fundão, uma cidade que se tem vindo a a rumar como um dos maiores hubs tecnológicos e de empreendedorismo de Portugal. Para quem gosta de qualidade de vida, snowboard e cerejas esta é também uma excelente oportunidade de viver a aventura de reconversão profissional proposta pelos bootcamps da Academia. Mais informações aqui.